Brasil segue vivo no Mundial da Rússia. Depois de ver Alemanha, Argentina e Espanha ficar pelo caminho, a Seleção Brasileira segue viva na Copa do Mundo e está classificada as quartas-de-final do torneio, já entre as oito melhores seleções do Mundo.

Em uma partida bastante equilibrada - principalmente na primeira etapa, o Brasil através de Neymar e Firmino, dominou os mexicanos no segundo tempo. Neymar foi o autor do primeiro gol brasileiro - em uma triangulação com Willian; já o segundo gol, saiu quase no final da partida, como Firmino; tendo a participação direta do "camisa 10" brasileiro, que deu a assistência para o gol - fechando o placar de 2 x 0 para o Brasil.

Firmino - autor do segundo gol do Brasil diante dos mexicanos.
Firmino - autor do segundo gol do Brasil diante dos mexicanos.

Como declaramos no início de nossa matéria, diferentemente de Cristiano Ronaldo e de Lionel Messi que já deixaram a competição, o craque brasileiro segue vivo na Copa do Mundo, sendo peça fundamental nesta segunda-feira para a seleção brasileira conseguir a classificação a próxima fase no Mundial da Rússia.

Além da classificação as quartas de final do Mundial da Rússia, a seleção comandada por Tite mantém uma escrita de muitos anos sem perder para os mexicanos em "Copas do Mundo", desde a Copa de 1950, passando pelas Copas de 54, 62 e 2014, que a nossa seleção não perde para o adversário desta segunda-feira - ao todo são quatro vitórias brasileiras e um empate diante do México.

Com a vitória de 2 a 0 sobre a seleção mexicana e consequentemente classificado a próxima fase do torneio, o Brasil agora a tarde - noite na Rússia, aguarda o vencedor da partida de logo mais, as 15h (de Brasília), em Kazan, entre Bélgica e Japão para conhecer o seu próximo adversário.

Neymar abriu o placar diante dos mexicanos.
Neymar abriu o placar diante dos mexicanos.

Neymar:

O gol marcado pelo "Camisa 10" na partida desta segunda, diante dos mexicanos, entrou para a "história", uma vez que ele marcou seu gol de número 57 com a camisa da seleção brasileira, se isolando como o quarto maior artilheiro da história - ficando somente atrás de Zico, Ronaldo e Pelé.

Casemiro:

O volante brasileiro é a má notícia para o próximo confronto, visto que o "Camisa 5" do Brasil tomou seu segundo cartão amarelo na competição; fazendo com que ele fique de fora da próxima partida da seleção brasileira - Casemiro era um dos três jogadores pendurados do Brasil: além dele, Phillipe Coutinho e Neymar entraram em campo com um cartão na Copa do Mundo.