Com bela partida de Neymar, Brasil despacha o México

A seleção comandada por Tite mantém uma escrita de anos sem perder para os mexicanos em “Copas do Mundo”.

Por
Compartilhe

Brasil segue vivo no Mundial da Rússia. Depois de ver Alemanha, Argentina e Espanha ficar pelo caminho, a Seleção Brasileira segue viva na Copa do Mundo e está classificada as quartas-de-final do torneio, já entre as oito melhores seleções do Mundo.

Em uma partida bastante equilibrada – principalmente na primeira etapa, o Brasil através de Neymar e Firmino, dominou os mexicanos no segundo tempo. Neymar foi o autor do primeiro gol brasileiro - em uma triangulação com Willian; já o segundo gol, saiu quase no final da partida, como Firmino; tendo a participação direta do “camisa 10” brasileiro, que deu a assistência para o gol – fechando o placar de 2 x 0 para o Brasil.

Firmino - autor do segundo gol do Brasil diante dos mexicanos.Firmino - autor do segundo gol do Brasil diante dos mexicanos.

Como declaramos no início de nossa matéria, diferentemente de Cristiano Ronaldo e de Lionel Messi que já deixaram a competição, o craque brasileiro segue vivo na Copa do Mundo, sendo peça fundamental nesta segunda-feira para a seleção brasileira conseguir a classificação a próxima fase no Mundial da Rússia.

Além da classificação as quartas de final do Mundial da Rússia, a seleção comandada por Tite mantém uma escrita de muitos anos sem perder para os mexicanos em “Copas do Mundo”, desde a Copa de 1950, passando pelas Copas de 54, 62 e 2014, que a nossa seleção não perde para o adversário desta segunda-feira – ao todo são quatro vitórias brasileiras e um empate diante do México.

Com a vitória de 2 a 0 sobre a seleção mexicana e consequentemente classificado a próxima fase do torneio, o Brasil agora a tarde – noite na Rússia, aguarda o vencedor da partida de logo mais, as 15h (de Brasília), em Kazan, entre Bélgica e Japão para conhecer o seu próximo adversário.

Neymar abriu o placar diante dos mexicanos.Neymar abriu o placar diante dos mexicanos.

Neymar:

O gol marcado pelo “Camisa 10” na partida desta segunda, diante dos mexicanos, entrou para a “história”, uma vez que ele marcou seu gol de número 57 com a camisa da seleção brasileira, se isolando como o quarto maior artilheiro da história – ficando somente atrás de Zico, Ronaldo e Pelé.

Casemiro:

O volante brasileiro é a má notícia para o próximo confronto, visto que o “Camisa 5” do Brasil tomou seu segundo cartão amarelo na competição; fazendo com que ele fique de fora da próxima partida da seleção brasileira – Casemiro era um dos três jogadores pendurados do Brasil: além dele, Phillipe Coutinho e Neymar entraram em campo com um cartão na Copa do Mundo.

Comentários