Trio de arbitragem holandesa comandará o próximo jogo do Brasil na Copa

No Mundial da Rússia ele já apitou o confronto entre a seleção uruguaia x seleção do Egito, na última quinta-feira, em Ecaterimburgo.

Por
Compartilhe

A arbitragem do próximo confronto do Brasil na Copa do Mundo – contra a Costa Rica, às 9 horas de sexta-feira (horário de Brasília), em São Petersburgo, já está definida – será holandesa. Bjorn Kuipers será o dono do apito e o mesmo será auxiliado pelos compatriotas Sândi Van Roekel e Erwin Zeinstra.

O árbitro holandês – de 45 anos, já apitou as finais da Copa das Confederações de 2013 – partida essa em que o Brasil derrotou a Espanha por 3 a 0, no Maracanã e da Champions League, em 2014, no duelo entre Real Madrid e Atlético de Madri, vencido pelo clube merengue.

Bjorn Kuipers - árbitro do próximo confronto do Brasil na Copa.Bjorn Kuipers - árbitro do próximo confronto do Brasil na Copa.

No Mundial da Rússia ele já apitou o confronto entre a seleção uruguaia x seleção do Egito, na última quinta-feira, em Ecaterimburgo – duelo esse vencido pela seleção celeste pelo placar de 1 a 0.

Além do trio de arbitragem, a partida entre Brasil e Costa Rica terá a presença dos eslovenos Damir Skomina e Jure Praprotnik como quarto árbitro e árbitro reserva, respectivamente. Vale lembrar que na estreia da Seleção do Brasil, diante da Seleção da Suíça, a arbitragem foi um dos pontos polêmicos no empate em 1 a 1. O jogo na ocasião foi comandado pelo árbitro mexicano Cesar Ramos, que segundo os jogadores do Brasil e da CBF, não pediu o auxílio do VAR em dois lances polêmicos durante a disputa – no primeiro os brasileiros alegam empurrão no zagueiro Miranda no gol marcado por Zuber e no segundo, um suposto pênalti em cima de Gabriel Jesus. Porém, a FIFA defendeu a arbitragem, alegando que os lances foram normais e com isso a arbitragem agiu de forma correta.

Comentários