CBF envia carta a FIFA queixando-se da arbitragem do Brasil na estreia da Copa

“Recebemos a carta. Os árbitros irão responder”, declarou o presidente da FIFA no saguão do hotel ao qual está hospedado em Moscou.

Por
Compartilhe

Mesmo com a FIFA tendo avaliado que a arbitragem entre Brasil e Suíça foi correta, a Confederação Brasileira de Futebol – CBF parece não concordar com a entidade máxima do futebol e para esclarecer qualquer tipo de dúvida, enviou até a mesma uma carta para pedir explicações sobre as decisões do juiz e para também solicitar vídeos e áudios do VAR no confronto entre as duas seleções na Copa do Mundo da Rússia.

Gianni Infantino - presidente da FIFA.Gianni Infantino - presidente da FIFA.

A confirmação do pedido através do envio de uma “carta” foi dada pelo próprio presidente da FIFA – Gianni Infantino, que declarou ao site “globoesporte.com” nesta terça-feira que a FIFA irá cumprir com a solicitação da CBF, enviando a ela as solicitações desejadas.

“Recebemos a carta. Os árbitros irão responder”, declarou o presidente da FIFA no saguão do hotel ao qual está hospedado em Moscou.

Já por parte de dirigentes ligados ao departamento de árbitros da FIFA, os mesmos declararam ao site acima citado que a arbitragem foi correta, com isso, as reclamações por parte dos dirigentes do Brasil são sem fundamento.

Neymar e o próprio Miranda alertam o árbitro quanto ao replay nos telões do estádio.Neymar e o próprio Miranda alertam o árbitro quanto ao replay nos telões do estádio.

Os mesmos declararam também que os lances pelos quais os brasileiros reclamam foram analisados pela equipe do VAR ainda durante a partida, em tempo real e concluíram que não houve falta no zagueiro brasileiro – lance esse que resultou no gol de empate da Suíça e que não aconteceu o pênalti em Gabriel Jesus. Desta forma, o árbitro da partida foi orientado a dar continuidade ao jogo.

Vale ressaltar que a FIFA mantém as conversas entre a equipe do VAR e o juiz em campo, gravadas, bem como os vídeos do que acontece na cabine dos árbitros de vídeo que estão analisando as imagens.

Comentários