Guerrero está liberado para representar o Peru na Copa do Mundo

Com sua liberação “provisória”, o atacante agora espera por sua convocação para a Copa do Mundo na Rússia – a lista definitiva deve ser apresentada até a próxima segunda-feira.

Por
Compartilhe

Paolo Guerrero está livre para representar o Peru na Copa do Mundo, na Rússia. De acordo com o Tribunal Federal da Suíça, o atacante recebeu nesta quinta-feira o efeito suspensivo da Justiça comum do país, estando ele livre para jogar o Mundial.

Paolo Guerrero - na Suiça.Paolo Guerrero - na Suiça.

O documento que concedeu o efeito suspensivo superprovisório foi anunciado próximo ao meio-dia – horário de Brasília e o mesmo diz o seguinte:

“Efeito suspensivo requerido por Paolo Guerrero garantido pelo presidente da I Divisão Civil da Corte Federal garante a apelação do jogador peruano de futebol Paolo Guerrero contra a decisão ainda não resolvida pelo Tribunal Arbitral do Esporte – TAS, um efeito suspensivo superprovisório. O aumento da punição do TAS de seis para quatorze meses por quebrar o regulamento anti-doping da FIFA não tem, por ora, efeito, com consequência, Paolo Guerrero estará presente na próxima Copa do Mundo da FIFA, que será na Rússia, de 14 de junho a 15 de julho de 2018”.

Como o órgão descreve o ato como efeito “suspensivo superprovisório”, pode ser que o jogador da seleção peruana precise cumprir o restante da pena após o Mundial.

Com sua liberação “provisória”, o atacante agora espera por sua convocação para a Copa do Mundo na Rússia – a lista definitiva deve ser apresentada até a próxima segunda-feira, quando seu nome deverá estar na lista final de 23 jogadores.

Em comemoração a sentença dada nesta quinta-feira pela Justiça Comum da Suíça, a Federação Peruana divulgou uma carta do jogador comemorando o efeito suspensivo.

“A batalha segue e seguirá a cargo dos meus representantes judiciais, a quem agradeço. Eu me junto a minha seleção e, junto aos meus companheiros, me comprometo a dar o melhor de mim para dar as melhores alegrias ao meu país. Hoje não há sonhos impossíveis, porque está demonstrado que, quando os peruanos se unem, tudo é possível”, declarou Guerrero.

A seleção peruana irá realizar dois amistosos antes da estreia no Mundial, na Rússia. O Perú irá encarar a Arábia Saudita na próxima sexta-feira, na Suiça e uma semana depois, irá encarar a Suécia, em Göteborg. O Peru estreia na Copa do Mundo no dia 16 de junho, diante da Dinamarca, em Saransk – no Grupo C, ainda estão presentes a França e a Austrália.

Comentários