Justiça da Suiça poderá liberar Guerrero para a Copa do Mundo

Guerrero não estava entre os 23 jogadores convocados para a Copa, porém, é possível que o atacante tenha sido inscrito na relação de 35 jogadores enviadas a FIFA.

Por
Compartilhe

Uma revira-volta no caso envolvendo Paolo Guerrero pode estar ganhando um novo capítulo às vésperas da Copa do Mundo, como revela o site “globoesporte.com. O Tribunal Arbitral do Esporte – TAS comunicou nesta manhã de quinta-feira que não irá se opor ao recurso impetrado pelos advogados do atacante peruano junto ao Tribunal Federal da Suíça.

No pedido a defesa do jogador pede a suspensão da pena imposta pelo Comitê Mundial Antidopagem. Porém, a decisão da liberação do jogador ainda depende de uma decisão da justiça suíça. O prazo para as seleções enviarem a lista com os 23 nomes inscritos para o Mundial da Rússia, encerra na próxima segunda-feira, com isso, os advogados do jogador terão que correr para que tudo saia conforme o planejado por eles.

O comunicado do TAS em relação ao pedido da defesa de Guerrero a Justiça Federal da Suíça diz o seguinte:

“Paolo Guerrero entrou com um pedido urgente de suspensão da execução de sua pena para poder participar da próxima Copa do Mundo na Rússia. O TAS não irá se opor ao pedido”.

Mesmo não tendo influência alguma na decisão final do recurso que poderá ser decidido nos próximos dias pelo Tribunal Federal, o comunicado do TAS traz aos peruanos e a defesa do jogador, a esperança de que Guerrero possa ainda estar presente no Mundial, na Rússia.

Na lista enviada pelo treinador peruano – Ricardo Gareca, o nome de Paolo Guerrero não estava entre os nomes indicados, porém, é possível que o atacante tenha sido inscrito na relação de 35 jogadores enviadas a FIFA e com isso ele poderá vir a substituir um dos 23 jogadores relacionados para a disputa do Mundial até a próxima segunda-feira, prazo final para enviar a relação definitiva dos atletas que disputarão a competição.

Guerrero terá nos próximos dias seu recurso revistos pela justiça da Suíça; decisão deve sair até a próxima segunda-feira.Guerrero terá nos próximos dias seu recurso revistos pela justiça da Suíça; decisão deve sair até a próxima segunda-feira.

Comentários