Salah vai jogar a Copa; quem garante é a Federação Egípcia

Salah sofreu uma lesão no ombro esquerdo ainda no primeiro tempo da decisão da Champions League, em disputa de bola com Sergio Ramos.

Por
Compartilhe

A Federação Egípcia de Futebol soltou uma nota nesta quarta-feira em suas redes sociais declarando que o atacante Salah – do Liverpool, ficará parado por no máximo três semanas, tempo esse que não impede de jogar a Copa do Mundo, uma vez que faltam duas semanas para o início do Mundial; com isso o atacante deve estar de volta na segunda rodada.

Momento da queda que causou a lesão no ombro do atacante egípcio.Momento da queda que causou a lesão no ombro do atacante egípcio.

A Federação Egípcia enviou um médico até a Espanha, onde o mesmo examinou o jogador e constatou que o prazo que o atacante precisará para se recuperar de sua lesão, não excederá o prazo do Mundial. Com isso ele está garantido na Copa do Mundo e deverá estrear diante da Rússia, na segunda rodada da competição.

Além do médico, também estava presente nesses exames, o presidente da Confederação Egípcia, Hany Abo Rida. Com uma previsão inicial de até quatro semanas parado, o órgão que comanda o futebol no país deu uma previsão melhor e menor para o atleta estar de volta às atividades normais, o que agradou e muito ao torcedor do Egito, que andava bastante preocupado em não poder contar com seu melhor jogador na Copa do Mundo, da Rússia.

A nota publicada pela Federação Egípcia dizia o seguinte:

“Após encontrar Abu Rida e o médico da seleção hoje na Espanha, a Federação de Futebol afirma: Salah vai jogar a Copa do Mundo. Se tudo der certo, sua ausência não irá ultrapassar o período de três semanas”, dizia a mensagem publicada nas redes sociais da federação.

No “Grupo A” da Copa do Mundo, o Egito irá encarar as seguintes seleções: Uruguai, na estreia, no dia 15 de junho, em Ecaterimburgo, às 9h (horário de Brasília), Rússia, em São Petersburgo, no dia 19 e a Arábia Saudita, no dia 25 do mesmo mês, em Volgogrado.

Vale lembrar que Salah sofreu uma lesão no ombro esquerdo ainda no primeiro tempo da decisão da Champions League, em disputa de bola com Sergio Ramos. O jogador precisou deixar o gramado aos 30 minutos de jogo.

Comentários