FIFA mudar regra e suplentes para a Copa do Mundo não precisam ser anunciados

Com nova regra, CBF pretende manter o nome dos suplentes convocados para a Copa do Mundo em sigílo, até mesmo dos próprios jogadores.

Por
Compartilhe

Novo regulamento da FIFA permitirá convocação de suplentes para a Copa do Mundo sem que esses saibam – a entidade máxima do futebol mundial só poderá divulgar o nome dos jogadores com a permissão das confederações. Com essa nova regra, a Confederação Brasileira de Futebol – CBF pretende manter os nomes em sigilo, até mesmo dos próprios jogadores.

Tite - treinador do Brasil.Tite - treinador do Brasil.

A CBF irá enviar a FIFA no dia 14 de maio, uma lista com no máximo 35 jogadores pré-inscritos pela Seleção Brasileira para a Copa do Mundo. Nesta mesma data, Tite – treinador da Seleção do Brasil irá às 14h, anunciar a convocação dos 23 jogadores que irão brigar pelo “HEXA” na Rússia; os demais “suplentes” não serão divulgados e talvez, nem eles mesmo fiquem sabendo que poderão ir a Copa caso um dos 23 jogadores cometam algum deslize durante a preparação para os jogos da Rússia e a comissão técnica resolva substituí-lo – essa regra não serve para lesões que venham ocorrer nesse período.

Vale salientar que a lista com mais nomes, é de praxe nos Mundiais. Também é bom explicar que anteriormente o número de jogadores inscritos era de 30, mas para esse ano, o número subiu para 35 jogadores.

Para a CBF a nova regra a qual não precisa divulgar o nome dos suplentes convocados, será bem vinda, visto que assim minimizará a importância dos suplentes relacionados e anunciar seus nomes só serviria para deixá-los com um gostinho, evitando com isso qualquer tipo de frustração por partes deste, visto que o treinador do Brasil poderá chamar qualquer outro jogador em caso de lesão de um dos 23 convocados, sem precisar chamar um desses suplentes pré-inscritos. A mudança de um jogador só poderá ser feita 24 horas antes da estreia nos jogos.

Comentários