Os primeiros 90 dos 180 minutos que marcam a final da Copa do Brasil entre Cruzeiro e Flamengo foram jogados no Maracanã. A partida terminou empatada em 1 a 1 nesta quinta-feira. O jogo "de volta" será no dia 27 de setembro, às 21h45, no estádio Mineirão.

Na verdade o confronto no Maracanã, na primeira partida pela final da Copa do Brasil foi cheia de emoções, tanto em campo, como fora dele. Torcedores e policiais mais uma vez protagonizaram cenas de conflitos antes da partida, mas boa parte dela festejou estar na final. Em campo, com um primeiro tempo foi apático, mas terminou movimentada e repleta de chances de gols. 

Com diferente estilo de jogo, o Flamengo, dono da casa, foi o time que optou por atacar mais, com lançamentos pra área tentava marcar a todo o momento, já o time mineiro, foi mais defensivo e se utilizou de contragolpes.

O primeiro gol da partida só saiu aos 30 minutos da etapa final, quando o zagueiro Réver aproveitou a sobra da defesa cruzeirense e chutou forte para o gol de Fábio, que deu rebote, aproveitando a vacilada do goleiro adversário, Lucas Paquetá colocou a bola dentro da meta defendida pelo arqueiro cruzeirense, abrindo assim o placar do jogo. Apesar do gol, o goleiro Fábio foi o herói da partida ao evitar diversas oportunidades do Flamengo e assim evitou um placar elástico para os cariocas.

Por outro lado, Thiago, que substituía Muralha, que havia falhado contra o Paraná pela Copa da Primeira Liga, foi o vilão para os flamenguistas. Após realizar boas intervenções, entre elas no chute de Alisson no começo do segundo tempo, o goleiro do Flamengo acabou protagonizando um lance bizarro, quando em uma finalização fraca de Hudson, deixou a bola limpa para Arrascaeta empatar o jogo, aos 38 minutos da etapa complementar.

Assim terminou os primeiros 90 minutos da decisão da Copa do Brasil 2017. Próximo confronto será no dia 27 deste mês, no Mineirão e o treinador do Cruzeiro prometeu no final da partida aos repórteres que a pressão da torcida vai ser no mesmo padrão do Maracanã.