Corinthians e Cruzeiro estão na grande final da Copa do Brasil-2018

Após dois grandes confrontos pelas semifinais, está na hora de conhecermos o grande campeão da Copa do Brasil: Corinthians e Cruzeiro disputam a final da competição.

Por
Compartilhe

E a Copa do Brasil-2018 já tem seus finalistas. Corinthians e Cruzeiro farão dois grandes duelos para verem que ficará com a “taça” e o prêmio milionário que a competição oferece ao grande vencedor – de quebra, o time mineiro tentará se isolar no quadro de conquistas da competição, que hoje tem ao seu lado o Grêmio, com cinco conquistas cada um.

Na “semifinal de número 1”, denominada assim pela CBF, o Corinthians jogando em casa com o apoio de sua torcida, conseguiu sair de Itaquera nesta última quarta-feira com a classificação garantida para a final da Copa do Brasil ao derrotar o Flamengo por 2 a 1. Com muita vontade, o Timão foi superior ao Rubro-Negro, que sem efetividade, não chegou a assustar os donos da casa. O grande nome da noite no duelo entre paulistas e cariocas foi Pedrinho – garoto da base do Corinthians que saiu do banco de reservas na etapa complementar para marcar o gol da vitória do Timão e assim sacramentar a classificação de seu time – o jovem atleta marcou um minuto após ter entrado em campo. Os outros gols da partida foram marcados por Danilo Avelar e Henrique (contra). Placar final – Corinthians 2 x 1 Flamengo.

Pedrinho comemorou muito o seu gol que garantiu o Corinthians na grande final da Copa do Brasil.Pedrinho comemorou muito o seu gol que garantiu o Corinthians na grande final da Copa do Brasil.

Já na “semifinal de número 2”, essa sim deu o que falar – Cruzeiro e Palmeiras brigaram até o último minuto – literalmente. Com uma pequena vantagem no placar, o time mineiro comandado por Mano Menezes que havia vencido o primeiro confronto em São Paulo pelo placar de 1 a 0, conseguiu segurar o ímpeto do time comandado por Felipão e com isso segurou um empate de 1 a 1 no Mineirão para ir a mais uma final da competição.

Barcos marcou mais uma vez diante do Palmeiras, no jogo da volta pela Copa do Brasil - gol esse que garantiu o time mineiro na final.Barcos marcou mais uma vez diante do Palmeiras, no jogo da volta pela Copa do Brasil - gol esse que garantiu o time mineiro na final.

Essa é a oitava vez que o Cruzeiro chega a uma final de Copa do Brasil e tem agora a grande chance de ser o primeiro “Bicampeão” consecutivo da competição. Mas não pensem que foi moleza chegar a essa decisão contra o Timão, pois não foi não! Mesmo abrindo o placar aos 26 minutos da primeira etapa, com Barcos, o Palmeiras não desistiu de lutar por sua classificação – que não veio, mas não faltou empenho, como já declaramos. Com um primeiro tempo muito aquém do esperado, o Palmeiras voltou a campo para etapa complementar diferente, tanto que aos 4 minutos de jogo conseguiu seu empate com o ex-cruzeirense Felipe Melo, que de cabeça aproveitou a cobrança de escanteio batida por Dudu e empatou a partida. Com o gol de empate, o Cruzeiro parece que sentiu o baque, porém, Mano Menezes foi mais esperto que Felipão e logo de cara fez duas substituições: Sassá e Bruno Silva entraram no lugar de Barcos e Thiago Neves. Com essas modificações, o Cruzeiro passou a ser um time mais seguro em sua defesa e com a partida novamente equilibrada e com o placar favorável, o time de Minas Gerais foi inteligente e cozinhou o jogo até o apito final, conseguindo assim a sua classificação para a grande decisão.

Felipe Melo chegou a marcar para o Palmeiras, mas não foi suficiente para levar o seu time a grande decisão.Felipe Melo chegou a marcar para o Palmeiras, mas não foi suficiente para levar o seu time a grande decisão.

No final, infelizmente cenas lamentáveis terminaram com esse grande confronto, onde jogadores de Cruzeiro e Palmeiras esqueceram o Fair-Play e partiram para um verdadeiro MMA. Do lado verde, dois ex-cruzeirenses eram os mais exaltados: Mayke e Diogo Barbosa – que por fim acabaram sendo expulsos. Já do lado azul, Sassá era o mais interessado em entrar na pilha palmeirense e também acabou sendo expulso, desfalcando assim o Cruzeiro para a grande final contra o Corinthians. A confusão entre Sassá e Mayke por muito pouco não ficou ainda mais séria nos corredores do estádio, onde os dois jogadores foram contidos pelos seguranças do Mineirão.

Sassá do Cruzeiro acerta um soco em Mayke do Palmeiras e os dois acabam expulsos mesmo depois do apito final.Sassá do Cruzeiro acerta um soco em Mayke do Palmeiras e os dois acabam expulsos mesmo depois do apito final.

Vale ressaltar que Cruzeiro e Palmeiras voltam a se enfrentar no próximo domingo, às 11h da manhã, no estádio do Pacaembu, agora pelo Brasileirão, onde o jogo promete.

Comentários