Flamengo promete entrar com ação contra o Corinthians se Fagner jogar

A direção flamenguista já avisou que caso ele jogue, irá acionar o clube paulista na justiça, entendendo que sua escalação é irregular.

Por
Compartilhe

Cortado dos amistosos da seleção brasileira neste mês de setembro – Fagner, lateral do Corinthians poderá iniciar uma nova novela envolvendo os dois maiores clubes do país, caso o “Timão” o escale na semifinal da Copa do Brasil, contra o Flamengo.

Cortado por Tite sob a alegação de uma lesão na coxa esquerda, o lateral-direito Fagner já está de volta aos treinos normais e com isso poderia estar à disposição de Jair Ventura para enfrentar o Flamengo, nesta quarta-feira, pela semifinal da Copa do Brasil, porém, a direção rubro-negra não irá aceitar, visto que ela entende que o jogador foi convocado para os amistosos contra os EUA e El Salvador e mesmo cortado ele ainda assim não poderia atuar.

Fagner com a bola treinou normalmente nesta última segunda-feira. Foto: Daniel Augusto Junior.Fagner com a bola treinou normalmente nesta última segunda-feira. Foto: Daniel Augusto Junior.

A direção flamenguista já avisou que caso ele jogue, irá acionar o clube paulista na justiça, entendendo que sua escalação é irregular caso ele houvesse se recusado de jogar pela Seleção, e não liberado após ser diagnosticado com um problema médico.

No “artigo 5”, do capítulo sobre “Restrições em Jogos”, do Regulamento de Status e Transferências da FIFA, prevê que o jogador não está “apto a atuar” pelo período de cinco dias após o último compromisso de sua seleção nesse período, em caso de recusa.

Para o advogado especialista em direito internacional – Eduardo Carlezzo, o Flamengo teria que denunciar a possível escalação irregular a Comissão Disciplinar da FIFA, onde segundo ele caso a direção do clube carioca recorra nos tribunais brasileiros, o STJD poderá alegar que não tem competência para julgar o caso.

Entretanto, também pode se entender que Fagner não recusou-se a atuar pela Seleção, mas foi desconvocado da mesma em virtude de sua lesão – o que não aplicaria a lei.

“O Flamengo pode alegar é que a lesão não era tão grave. Teria que fazer produção de prova mais técnica, prova médica, para demonstrar que, na realidade, o laudo estava incompleto. Que na verdade superestimou a lesão com finalidade de liberá-lo para jogar. Vai depender de o Flamengo produzir esse laudo. Mas é uma prova muito difícil de conseguir, visto que Fagner é jogador do Corinthians. Esse assunto recai exclusivamente na competência da Comissão Disciplinar da FIFA, uma vez que o Corinthians estaria descumprindo um regulamento da entidade máxima do futebol mundial. Portanto, o certo é protocolar uma denúncia a Comissão Disciplinar da FIFA e não ao STJD”, declarou Carlezzo ao programa “Redação SporTV”.

Comentários