Copa do Brasil dará início a maratona de jogos no mês de agosto

Dos 31 dias do mês de agosto, pelo menos 15 dias para: Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Palmeiras e Santos, estarão ocupados com jogos.

Por
Compartilhe

Grêmio e Flamengo abrem neste dia 1º de agosto uma maratona de jogos que envolverão ao todo mais quatro times que estão disputando além da Copa do Brasil, a Copa Libertadores e o Brasileirão – sendo que deste, apenas o Santos não está na parte de cima da tabela (Campeonato Brasileiro).

Grêmio e Flamengo iniciam nesta quarta-feira em Porto Alegre, às 21h45, a disputa por uma vaga as semifinais da Copa do Brasil.Grêmio e Flamengo iniciam nesta quarta-feira em Porto Alegre, às 21h45, a disputa por uma vaga as semifinais da Copa do Brasil.

Dos 31 dias do mês de agosto, pelo menos 15 dias para esses estão ocupados por jogos: Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Palmeiras e Santos neste mês, terão ao todo nove partidas, entre os campeonatos já mencionados – cinco pelo Brasileirão e as demais divididas nas disputas de mata-mata na Copa do Brasil e Libertadores.

A consequência desta maratona para esses seis times irá definir para os mesmos no final de agosto, quais serão suas prioridades daí por diante. Dentre todos, alguns pelo menos cairão na Copa do Brasil e ao menos “um” irá dar adeus a Libertadores – lembrando que tem confronto nas oitavas de final entre “Cruzeiro x Flamengo”.

Além desses times mencionados, também terão clubes que ainda irão disputar a segunda fase da Copa Sul-Americana, como é o caso do Atlético-PR, Bahia, Botafogo, Fluminense, São Paulo e Vasco. Esses por sua vez, terão uma carga de partidas um pouco menor que os acima já mencionados (sete em 31 dias), mas não menos importante em termos de pretensões na temporada. Neste grupo, somente o Bahia terá uma carga maior: serão nove jogos em agosto (Copa do Brasil e Sul-Americana).

Assim sendo, para os times que conseguirem passar ilesos por essa maratona de agosto, terão eles que analisarem a partir de então quais serão suas prioridades: chances de títulos e premiação – esses sim serão os principais critérios; pelo menos os que mais pesarão na balança final deste mês. Que iniciem as disputas!

Comentários