Conmebol suspende Lionel Messi por três meses por denúncia de corrupção na Copa América

Além da suspensão, a entidade máxima do futebol na América do Sul ainda aplicou uma multa no valor de US$ 50 mil por seus comentários após a vitória da Argentina sobre o Chile, na disputa do terceiro lugar da competição continental.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Gancho para um dos melhores jogadores do mundo - isso mesmo, a Conmebol anunciou nesta sexta-feira que suspendeu o astro argentino Lionel Messi de partidas internacionais com a seleção de seu país pelo período de três meses devido a declarações polêmicas sobre corrupção na última Copa América, disputada no Brasil.

Além da suspensão, a entidade máxima do futebol na América do Sul ainda aplicou uma multa no valor de US$ 50 mil por seus comentários após a vitória da Argentina sobre o Chile, na disputa do terceiro lugar da competição continental.

Messi após a conquista do terceiro lugar diante do Chile se negou a receber a medalha de bronze e ainda fez duras declarações contra a competição.Messi após a conquista do terceiro lugar diante do Chile se negou a receber a medalha de bronze e ainda fez duras declarações contra a competição.

Após o apito final na partida que culminou com a vitória argentina pelo placar de 2 a 1, na Arena Corinthians, o jogador da seleção argentina e do Barcelona não aceitou receber a medalha de terceiro lugar da Copa América e ainda declarou que a competição estava "armada" para o Brasil, devido a lances polêmicos ocorridos na semifinal onde a Argentina foi derrotada pelo placar de 2 a 0 diante da seleção brasileira, no Mineirão. Os argentinos reclamaram da não marcação de dois pênaltis durante o jogo.

"Não fui à premiação porque nós não temos que ser parte desta corrupção. Nos faltaram com respeito durante toda a Copa América. Não nos deixaram chegar na final", declarou Messi na ocasião.

Messi e a Associação de Futebol da Argentina - AFA poderão recorrer da decisão da Conmebol. Com a punição imposta pela entidade máxima do futebol sul-americana, o astro argentino ficará impedido de enfrentar o Chile e o México, no mês de setembro e a Alemanha e mais um adversário a ser definido no mês de outubro, pela seleção de seu país.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal