Lautaro x Éverton: Como dois jovens atacantes levaram Brasil e Argentina às semifinais da Copa América?

Duelo da noite desta terça-feira coloca frente a frente dois jovens talentos, que podem ganhar um protagonismo inesperado, tendo em vista a curta carreira destes jogadores.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O duelo entre Brasil e Argentina já carrega, por si só, uma história e uma tradição gigantesca, que coloca esta como uma das maiores, e dita por muitos como a maior rivalidade do futebol mundial.  E mesmo com diversos jogadores de grande nome no futebol, como Messi, Phelippe Coutinho, Alisson, Aguero e entre outros, dois jovens jogadores ganharam seu espaço em meio à Copa América e se tornaram os xodós de suas torcidas: Éverton e Lautaro Martínez.

No lado do jogador argentino, a rápida e meteórica passagem pelo Racing fez com que a Inter de Milão logo o levasse para o melhor futebol do mundo. Com apenas 21 anos de idade, foi convocado para a sua primeira competição oficial com a seleção argentina, mas para ser uma opção no banco de reservas. Entretanto, bastou a sua entrada diante da Colômbia, na derrota por 2x0. A partir da partida diante do Paraguai, na 2ª rodada, para que este jovem atacante começasse a se tornar muito importante no esquema do técnico Lionel Scaloni.

Agora, é a principal força ofensiva da seleção argentina ao lado de Messi, que ainda não emplacou uma grande atuação nesta edição da Copa América. A torcida dos "hermanos" deposita todas as suas esperanças em cima deste jovem e muito promissor atacante.

Éverton e Lautaro Martínez conseguiram seus espaços durante a Copa América.
Éverton e Lautaro Martínez conseguiram seus espaços durante a Copa América.

 Pelo lado brasileiro, Éverton foi a maior surpresa da seleção comandada pelo técnico Tite. Após o corte de Neymar, o "Cebolinha" continuou no banco de reservas, mas logo na partida contra a Venezuela, na 2ª rodada, teve o seu nome gritado pela torcida e mostrou o seu valor. Desde então, já tem 2 gols marcados e o status de protagonista em uma seleção desorganizada e em busca de afirmação.

Na noite desta terça-feira, os dois jovens jogadores entram em campo pela semifinal da Copa América, e seja quem sair vencedor, o futebol sul-americano agradece pela renovação e chegada de novos grandes talentos.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal