OPINIÃO: Tite não quis convocar Neymar

Com a convocação de Neymar, o técnico Tite deixou claro que não tem todo o comando sobre a seleção , e o aspecto comercial venceu o desportivo. Os patrocinadores convocaram Neymar.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O técnico Tite realizou nesta sexta-feira, a convocação da seleção brasileira para a disputa da Copa América. Mesmo com a grande expectativa por parte dos torcedores com as possíveis convocações de novos talentos, o técnico da seleção optou por jogadores experientes, e manteve os privilégios de Neymar.

O técnico Tite parece ter aceito o fato de que Neymar tem tratamento diferenciado dentro da seleção, e sua convocação parece muito mais ter sido por aspecto comercial, visto que Neymar é o principal jogador da Copa América, ao lado de Messi. Sendo assim, o grande sucesso midiático faz com que o nosso maior jogador faça os seus "clientes" serem dependentes de sua imagem, visando o lucro financeiro em um esporte que está corrompido pelas altas cifras.

Neymar fez escolhas por vias tortuosas. Na contramão, quis ser um popstar antes de se tornar um craque indiscutível, um ídolo vencedor e respeitado - hoje parece mais preocupado em mostrar que é amigo de estrelas de todos os matizes.

 

Neymar foi convocado para a Copa América, mesmo não merecendo. (Foto: Yahoo)Neymar foi convocado para a Copa América, mesmo não merecendo. (Foto: Yahoo)

 

Sua vida fora de campo em princípio nada tem a ver com o que faz nas partidas, mas tudo parece estranho quando é mais destaque em festas, baladas, com amigos e namoradas, em vez de ser idolatrado em campo. Ele não é mais menino, é adulto, é pai. E ainda tem ao menos cinco de carreira em alto nível, tempo de sobra para definitivamente amadurecer. Pois, por mais resistente que seja a bolha onde vive, ainda não cumpriu boa parte dos objetivos que o moleque da Vila sonhou, uma década atrás.

De fato, a grande chance do técnico Tite mostrar o seu comando na seleção brasileira foi agora. E o que deixa boa parte dos torcedores brasileiros tristes é saber que, um jogador mimado e com grande sucesso midiático deixou a seleção brasileira dependente de sua imagem, fazendo esquecer o aspecto desportivo.

Estamos criando um monstro, e ninguém tem coragem de tentar adestrar ele. Nem mesmo Tite, o comandante de nossa seleção.

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal