Todas as competições organizadas pela Conmebol serão finalizadas dentro de campo; quem garante isso é o próprio presidente da entidade. Alejandro Domínguez revelou nesta última segunda-feira que a Libertadores da América e a Copa Sul-Americana serão retomadas assim que for possível e que ambas serão finalizadas dentro das quatro linhas.

Mesmo dando destaque para a saúde, Domínguez garantiu que o retorno dos torneios irá ocorrer mediante protocolos e quando for possível. Na sede da Conmebol, todos os trabalhos de "escritório" já foram retomados de forma presencial, dando assim, a clara noção da vontade da entidade em retomar com o futebol no continente.

Alejandro Domínguez - presidente da Conmebol - imagem: arquivo
Alejandro Domínguez - presidente da Conmebol - imagem: arquivo

"Estamos de volta ao escritório com um só compromisso. Fazer com que, o mais rapidamente possível, possamos retomar a Copa Libertadores e a Sul-Americana. Estamos trabalhando fortemente em conjunto com todos os países, pois nossa única obsessão é que a bola volte a rolar", declarou o mandatário da Conmebol, que completou dizendo:

Com ordem de prioridades. Primeiro a saúde e depois, a competição. "Temos esse compromisso de que ambos os campeonatos serão disputados e encerrados", finalizou.

A Copa ou Taça Libertadores, assim como a Copa Sul-Americana foram paralisadas ainda em março, no caso da Libertadores ao final da segunda rodada da fase de grupos. Já a Sul-Americana teve apenas os jogos da primeira fase concluídos.