De acordo com informações do site "Yahoo Esportes", mais especial com relação ao "blog" de Jorge Nicola, a Conmebol cogita a possibilidade de anular a edição 2020 da Taça Libertadores e da Copa Sul-Americana. A informação foi repassada a ele por alguns dirigentes de clubes brasileiros que disputam os torneios.

Obviamente que por hora isso é uma "hipótese", mas a entidade máxima do futebol na América do Sul tem analisado juntamente com os clubes da América do Sul essa possibilidade de anulação das edições destes torneios acima citados em 2020.

Os motivos todos já sabem: a pandemia causada pela "COVID-19", também conhecida popularmente pelo Coronavírus. No entanto, a Conmebol nega, conforme ela propriamente explica.

"Estamos acompanhando diariamente a situação dos países com as federações nacionais, mas em nenhum momento se falou em anular tais competições", declarou uma fonte não identificada da Conmebol.

Por outro lado, segundo informações de três dirigentes brasileiros, que pela entidade sul-americana não foi confirmado; o possível "cancelamento" dos torneios teria a ver com os estágios completamente diferentes de contaminação da "COVID-19" em nosso continente.

Libertadores e Sul-Americana - duas competições organizadas pela Conmebol.
Libertadores e Sul-Americana - duas competições organizadas pela Conmebol.

"Seria um caos transportar delegações de 30, 40 ou 50 pessoas de um país para outro no nosso continente", teria declarado o presidente de um clube da "Série A" do Brasileirão, em contato com o referido blog e que não teve sua identidade revelada.

Além desse, outros dois dirigentes brasileiros com seus times envolvidos em competições organizadas pela Conmebol, também garantem ter sido informados da possibilidade da anulação da Libertadores e da Copa Sul-Americana; já um quarto dirigente brasileiro declarou desconhecer essa ideia.

O que podemos perceber aqui, é que a tal "ideia" levantada pela "Conmebol" por parte dos clubes não foi das melhores, uma vez que todos eles temem por perder receitas e visibilidade; isso sem falar na questão esportiva.

Segundo autoridades médicas, os países da América do Sul ainda não atingiram o "ápice" da pandemia e a preocupação é de que, com a chegada do inverno, os casos possam aumentar; com isso a preocupação por parte dessas autoridades é enorme com a saúde de todos; Aguardemos maiores informações!