AFA faz duras críticas a Conmebol por mudanças no regulamento de suas competições

“As novas regras da Conmebol a respeito dos critérios de elegibilidade para participar da Libertadores de 2020 não podem afetar direitos adquiridos e consolidados, conforme a regulamentação dos órgãos responsáveis pelo futebol argentino", diz carta enviada a entidade.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Parece que não foi só no Brasil que a nova proposta da Conmebol em mudar algumas das regras de participação nas competições como: Libertadores e Copa Sul-Americana pegaram mal.

Assim como a Confederação Brasileira de Futebol se manifestou contra a nova regra que impedirá times de divisões inferiores de participar dos torneios de clubes organizados pela entidade máxima do futebol na América do Sul, a AFA - Associação de Futebol Argentino, também não gostou nadinha da nova regra, uma vez que ela atingirá diretamente um dos prováveis times que poderão estar na Libertadores da América em 2020 - aqui falamos do Tigre, que mesmo rebaixado nesta temporada, ainda disputa a Superliga Argentina.

Em carta enviada a Conmebol nesta última terça-feira, a AFA fez duras críticas a mudança do regulamento em meio a competição - visto que as competições deste ano está em andamento.

"Consideramos inoportuna a nota enviada arbitrariamente pelo Diretor de Competições de Clubes da Conmebol sobre questões ainda não resolvidas de regulamentos vigentes. As circunstâncias descritas me levam a concordar que a Associação de Futebol Argentino ostenta o posto de associação da Conmebol", diz um trecho da carta assinada pelo presidente da AFA - Claudio Fabián Tapia.

AFA.AFA.

 Nesta mesma, a entidade máxima de futebol da Argentina se diz especificamente preocupada com a situação do Tigre, que mesmo rebaixado está muito próximo de ser campeã da Copa da Superliga Argentina, uma vez que venceu a primeira partida da decisão por 5 a 0 sobre o Tucumán e essa competição reserva uma vaga a Libertadores para o grande vencedor.

Diante desta nova situação imposta pela Conmebol, a AFA também se manifestou a respeito:

"As novas regras da Conmebol a respeito dos critérios de elegibilidade para participar da Libertadores de 2020 não podem afetar direitos adquiridos e consolidados, conforme a regulamentação dos órgãos responsáveis pelo futebol argentino. Não seria aceitável, diante de nenhum ponto nacional, que a Conmebol modifique, nesta instância, os critérios para a classificação às copas, quando o torneio que dá vagas para a mesma se encontre em estágio tão avançado", protestou a entidade argentina.

Mais sobre: afa conmebol regulamento
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal