A Conmebol deverá oficializar a Copa América 2020 nesta terça-feira, em uma reunião no Rio de Janeiro - a grande novidade da competição em sua edição de 2020, será que a mesma poderá ter duas sedes (Argentina e Colômbia).

O torneio do próximo ano seguirá praticamente o mesmo formato do que será disputado daqui a pouco mais de um mês no Brasil, com 12 seleções - sendo 10 da Conmebol e mais duas convidadas de outros continentes; sendo divididas em dois grupos de seis times cada, onde cada grupo terá um país-sede.

Cada seleção irá se enfrentar dentro do mesmo grupo, ou seja, não precisarão as seleções se deslocar de país. As quatro melhores de cada chave avançam para a fase de mata-mata (quartas de final) - sendo todos os jogos desta fase (quartas, semifinais e finais) disputados em um único país - até aqui tudo indica que serão disputados na Colômbia.

Com o "martelo" praticamente batido, a entidade máxima do futebol na América do Sul recusa de vez o convite da federação americana de futebol - US Soccer em realizar o torneio em solo americano - a entidade máxima do futebol nos EUA queria ser sede da competição no próximo ano e repetir a edição de 2016, quando a Conmebol comemorou os 100 anos da Copa América nos Estados Unidos.

É bom salientar que a Copa América no Brasil, será a última a ser disputada em anos ímpares - a partir do próximo ano, o torneio será organizado sempre em paralelo com a EuroCopa, ou seja, de quatro em quatro anos, nos anos de 2020, 2024, 2028...