Sem tolerância! Essa é a Conmebol, que depois do técnico da seleção brasileira criticar a organização da Copa América, aplica uma multa de US$ 5 mil a Tite; o valor será descontado da premiação da CBF ao final da competição.

Lembramos que as vésperas da estreia do Brasil diante da Venezuela, o técnico Tite fez duras criticas ao planejamento da Copa América, atingindo em cheio a Conmebol, quando esse disse:

"A gente queria que não tivesse essas possibilidades e esses problemas, não só com a Venezuela. É uma organização atabalhoada. Isso aqui tem viés político, há uma crítica direta a Conmebol e a quem decidiu da CBF que a Copa América seria aqui", declarou Tite a época.

De acordo com a lei de ética dos jogos em questão, o técnico da seleção brasileira violou o Artigo 12.2 do Regulamento da Copa América 2021, que não permite "insultar de qualquer maneira e por qualquer meio a Conmebol, seus oficiais, autoridades e etc".

Vale salientar que desde que a competição não pode ser disputada na Argentina e nem na Colômbia, mudando de sede para o Brasil, treinador e os jogadores brasileiros mostraram descontentamento em participar do torneio, principalmente da forma como se deu, sem diálogo entre as partes (aqui entenda CBF e Seleção).

Brasil líder do Grupo B da Copa América

Dentro de campo mesmo contrariado, a Seleção Brasileira é 100% no torneio, com três vitórias em três jogos - sendo a grande líder do Grupo B. O próximo compromisso do Brasil na Copa América 2021 será diante do Equador, neste domingo, às 18h (de Brasília).