A entidade máxima do futebol sul-americano anunciou nesta última terça-feira que irá doar ao Brasil, 20 mil doses da vacina contra a COVID-19. O gesto da Conmebol é uma forma de agradecer ao país por sediar a Copa América em território nacional.

Neste mesmo comunicado, a entidade sul-americana de futebol explica que as vacinas contra a COVID-19 serão fabricadas pela Sinovac - empresa farmacêutica chinesa e que deverão ser enviadas nos próximos dias.

Lembramos que a Conmebol recebeu em abril deste ano 50 mil doses desta vacina para ser aplicada em atletas, comissão técnica e todas as pessoas que estão envolvidas na participação da Copa América e das competições por ela realizadas neste ano (Libertadores e Copa Sul-Americana).

Destas 50 mil doses, 20 mil então serão destinadas ao Brasil para aplicação na população em geral.

Salientamos que a CBF não fora permitida pelo governo federal a receber as doses destinadas aos clubes que disputam a Copa Sul-Americana e Libertadores, tendo que esses tomar suas respectivas doses no Paraguai ou países vizinhos ao nosso, uma vez que por lei, toda e qualquer dose da vacina da COVID-19 que entrar no Brasil, terá que ser destinada ao SUS.

Final da Copa América 2021

A competição de seleções organizada pela Conmebol, que está sendo disputada no Brasil, chega em sua reta final, onde a mesma terá sua decisão neste próximo sábado - 10 de julho, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Essa mesma final será entre Argentina x Brasil, a partir das 21h (de Brasília), com transmissão ao vivo pelo SBT e também pelo Fox Sports.