Faltam pequenos detalhes no acordo para o Colorado anunciar a permanência de Danilo Fernandes no Beira-Rio. Após o empresário do jogador entregar uma "carta" de intenções do atleta e a direção do clube gaúcho analisá-la, parece que as partes estão muito próximas de um acerto contratual; com isso, o Internacional deverá manter em seu elenco os mesmos goleiros para a temporada 2020.

A informação preliminar sobre a renovação com o "camisa 1" do time que será comandando por Eduardo Coudet, no próximo ano, foi dado pelo executivo de futebol - Rodrigo Caetano, que garantiu a permanência de Danilo, informando que o clube irá sim estender o seu vínculo - agora não se sabe se será por três anos, como era desejo do atleta.

Rodrigo Caetano - homem forte da direção colorada.
Rodrigo Caetano - "homem forte" da direção colorada.

"A negociação está bem encaminhada. É desejo de ambas as partes. Vale assim como o D’Alessandro. Quando estivermos com as etapas todas concluídas, comunicaremos. O mais importante é o desejo do atleta em permanecer", garantiu Caetano, em entrevista a uma rádio da capital gaúcha.

Desde que chegou a Porto Alegre, em 2016, Danilo Fernandes de titular passou a reserva muito por um problema em um de seus ombros, no último ano, quando teve que passar por uma cirurgia que o tirou de campo por um longo período, abrindo brecha para Marcelo Lomba assumir a posição, que até hoje vem sustentando. O contrato atual de Danilo Fernandes encerra na próxima terça-feira, dia 31 de dezembro.

A briga pela titularidade da "meta" colorada para 2020 dependerá muito do que os goleiros apresentarão a Coudet no início da temporada, no próximo mês - lembrando que o Colorado conta com outros dois goleiros da base.