Inter trabalha com a “inteligência” na busca de reforços sem muitos gastos para 2020

Com dificuldades financeiras e com um corte de aproximadamente R$ 27 milhões no departamento de futebol para 2020, o Sport Club Internacional tenta trabalhar com a inteligência para trazer alguns reforços que possam suprir as saídas do atual elenco para a próxima temporada; contando claro, com a ajuda de Eduardo Coudet – novo comandante técnico recém contratado.

Até o momento, a direção do Colorado realizou apenas fortes dispensas no atual elenco, onde aproximadamente 12 jogadores já foram liberados ou dispensados – liberando assim algum “fluxo de caixa”; fluxo esse que dará uma sobrevida aos cofres do Inter para buscar alguns reforços – mas que não deverão envolver valores consideráveis, porém, esses mesmos serão baseados na criatividade de quem irá buscá-los.

Sabedor das dificuldades financeiras do clube na questão de ir em busca de “reforços de peso”, Coudet tem tido frequentes reuniões – reuniões diárias com o executivo – Rodrigo Caetano para discutir como pretende montar a equipe colorada para a nova temporada e com quem gostaria de trabalhar – nunca descartando a possibilidade da chegada de pelo menos um ou dois reforços por ele solicitado.

Esquecemos, mas o Colorado sim já fechou com um reforço para 2020 – trata-se do lateral Rodinei – do Flamengo; o jogador chegará ao Beira-Rio para tentar acabar com a rotação na lateral-direita, onde neste ano passou pelo posição, Zeca, Bruno e Heitor e nenhum deles conseguiu se firmar – vale lembrar que Rodinei ainda não foi anunciado de forma oficial; essa só deve se dar no dia 08 de janeiro, quando o elenco colorado se apresenta para o início da preparação para 2020 – segundo as últimas informações, Rodinei ganhou uns dias a mais de férias da direção colorada, visto que o jogador esteve com a delegação do Flamengo até bem pouco tempo disputando o “Mundial de Clubes”, pelo qual ficaram com o vice-campeonato.

Além de Rodinei, o Inter está próximo de confirmar a chegada de mais um reforço – trata-se de Damián Musto – volante do Huesca – da Espanha, que só ainda não foi anunciado devido a troca de documentos entre os clubes para fechar a negociação.

Voltando ao lado financeiro, o Inter conta até agora com as vendas de Nico López, Juan Alano e Charles, no entanto, nenhuma dessas irá aliviar o caixa colorado – apenas aliviarão as contas. Por isso, se a direção não contar com um investidor que possa bancar uma grande contratação ou uma negociação futura que possa render uma boa “grana” para o clube, a direção terá que trabalhar para encontrar outra forma de reforçar o elenco para 2020.

Como já declaramos acima, o elenco colorado se apresenta no dia 08 de janeiro para a pré-temporada, onde desta mesma até a estreia do time, Coudet terá 27 dias de preparação e tempo para conhecer o grupo que terá em suas mãos.

Por Müller
A paixão pelo futebol foi um dos principais motivos da criação do Minha Torcida. O site reúne informações, curiosidades e muito conteúdo exclusivo para você que é amante do esportes [...]