Agora é oficial! O treinador pretendido pelo Colorado confirmou no início desta tarde de sexta-feira através de coletiva que deixará o Racing ao final do ano. A sua última partida no comando técnico da equipe argentina será diante do Tigre, no dia 15 de dezembro.

Teoricamente "acertado" com o Internacional, o profissional não declarou publicamente para onde estaria indo com a saída do seu atual clube, onde o mesmo declarou o seguinte:

"Acabo de comunicar ao presidente que entendo ter cumprido um ciclo no Racing. Em setembro disse a Milito para ser honesto com o clube e dar tempo para ir à procura de outro técnico. Não posso dizer que estarei no Inter nem que não estarei. Dei minha prioridade caso venham me buscar novamente", declarou Eduardo Coudet.

Vale lembrar que esse comunicado foi somente para tornar a "coisa" oficial, uma vez que o próprio presidente do Racing nesta última quarta-feira já tinha revelado em entrevista a uma rádio do país que Coudet estaria de saída ao final do ano e que já estaria de olho em seu substituto, que muito provavelmente deva ser Jorge Sampaoli, atual técnico do Santos.

Tratado sob total sigilo é sabido por muitos que a direção do Sport Club Internacional já tem um acerto "verbal" com o profissional em questão e faltando apenas cinco jogos para o término do Campeonato Brasileiro, eles não querem tumultuar o ambiente interno, que anda muito bem - ainda mais que a equipe ainda briga por uma classificação a Libertadores de 2020.