Ministério Público suspende torcida organizada do Internacional por 90 dias; entenda

Com tal determinação da justiça, ela estará impedida de comparecer aos jogos do clube de forma identificada, ou seja, não poderá estar uniformizada e muito menos entrar no estádio com faixas e instrumentos musicais.

Por Minha Torcida
Compartilhe

A torcida organizada "Guarda Popular", do Sport Club Internacional está punida por 90 dias; a punição não veio por parte da direção, mas sim pela Promotoria do Torcedor do Ministério Público, que penalizou a mesma com tal suspensão pelos atos de violência e vandalismo durante um protesto realizado por torcedores na manhã do último sábado, no pátio do Beira-Rio.

Com tal determinação da justiça, ela estará impedida de comparecer aos jogos do clube de forma identificada, ou seja, não poderá estar uniformizada e muito menos entrar no estádio com faixas e instrumentos musicais ou qualquer outra forma de identificação.

Guarda Popular - torcida organizada do Internacional.
Guarda Popular - torcida organizada do Internacional.

Entenda o caso:

Na véspera da partida contra o Fluminense, cerca de 100 torcedores foram ao Beira-Rio protestar pela fase do time, que não vencia há três jogos. Os manifestantes que exibiram faixas contra os jogadores e a direção entraram em conflito com seguranças do clube e depredaram gradis. A Brigada Militar precisou ser chamada para conter os ânimos e evitar invasões.

Sobre esses atos, a própria direção em público manifestou o seu "repúdio", declarando que irá conversar com os líderes das torcidas organizadas do clube - essa mesma deverá ocorrer no próximo dia 20 deste mês.

Ainda em relação ao ocorrido no Beira-Rio no último sábado, o promotor que apresentou a denúncia - Rodrigo Brandalise declarou ao site "globoesporte.com", o seguinte:

"Com relação aos episódios de sábado, já foi determinada a suspensão da Popular pelo período de 90 dias. Entretanto, há possibilidade de diminuição do prazo se esses torcedores ajudar a colaborar e identificar os envolvidos", declarou o promotor em questão.

Alguns dos atos de vandalismo dos torcedores nos arredores do Beira-Rio, no último sbado.
Alguns dos atos de vandalismo dos torcedores nos arredores do Beira-Rio, no último sábado - Imagem: RBS.

A direção do Internacional, por sua vez, apresentou ao "Juizado do Torcedor" uma lista de nomes de torcedores envolvidos e que aparecem nas imagens das câmeras de segurança do Beira-Rio. O presidente do clube, Marcelo Medeiros, convocou uma reunião (conforme já descrito nesta matéria) com representantes do Conselho de Gestão e da torcida e promete tomar medidas sobre o caso.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal