Por gols, Guerrero se apega a amizade com Zé Ricardo para encerrar seu pior jejum de gols desde 2015

Esse jejum poderá ter fim nesta noite de sábado, às 19h, na Arena Fonte Nova, diante do Bahia, em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Com uma boa relação com o novo treinador colorado que fará sua estreia a beira do gramado neste sábado, em Salvador, diante do Bahia, Paolo Guerrero que não marca há sete jogos e novamente será titular, espera encerrar com o pior jejum desde 2015.

Vivendo dias de "ansiedade" com a camisa "vermelha" do Sport Clube Internacional a fim de encerrar a sua seca de gols que já perdura por sete jogos, o artilheiro isolado do Inter depois de mostrar seu faro de gols e ter pedido para ficar no clube e não representar a sua seleção, parou de marcar, a ponto de enfrentar o seu pior momento de seca em um mesmo ano - chegando muito próximo de sua marca negativa dos tempos de Flamengo, onde em 2015 ficou nove jogos se anotar um golzinho se quer.

Paolo Guerrero tentará nesta noite diante do Bahia acabar com um jejum de gols de sete partidas.
Paolo Guerrero tentará nesta noite diante do Bahia acabar com um jejum de gols de sete partidas.

Coincidência ou não, Guerrero acabou com essa falta de gols sob o comando de Zé Ricardo e sobre essa relação construída nos tempos da "Gávea" que o atacante peruano tentará tirar forças neste sábado, às 19h, em Salvador, para voltar a marcar seus gols e com isso ajudar o Inter no Brasileirão, em partida válida pela 28ª rodada da competição.

"O Zé Ricardo tem uma jeito de jogar muito bom. Ele adianta as linhas, faz com que todo mundo ataque e defenda também. Eu tive um ano muito bom sob o comando do professor. Tive uma média de gols muito importante. Ele tem muita coisa pra dar. Não só para mim, mas para todos do grupo. Vai ajudar e muito. Essa é a maior preocupação hoje. Evoluir, melhorar. Os jogos que temos serão muito difíceis; serão finais", comentou o atacante em coletiva.

Veja abaixo os números de Paolo Guerrero em 2019:

30 jogos

13 gols

Média de 0,43 gols por jogo

Ele está sem marcar a sete jogos ou há exatos 604 minutos.

Esse jejum poderá ter fim nesta noite de sábado, às 19h, na Arena Fonte Nova, diante do Bahia, em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal