Dale é dúvida e depende de testes para jogar a final e ser o primeiro gringo a erguer a Copa do Brasil

Se o argentino estiver em campo logo mais a noite no Beira-Rio, na grande decisão da Copa do Brasil e como capitão do Inter, ele poderá se tornar no primeiro jogador estrangeiro a erguer a taça de campeão do torneio - se o Inter vencer, claro.

Por Minha Torcida
Compartilhe

A mais de uma década vestindo a camisa vermelha e branca do Internacional, D'Alessandro é dúvida nesta noite no Beira-Rio, onde o Colorado irá encarar o Athletico pela grande decisão da Copa do Brasil.

O capitão e líder da equipe em campo, o argentino sentiu dores na coxa direita no treino do último domingo é a grande "dúvida" do time de Odair Hellmann para o duelo de logo mais, às 21h30, em Porto Alegre.

D
D'Alessandro.

Antes de ser confirmado ou não, o argentino passará por novos testes ao decorrer do dia e outro minutos antes da bola rolar, já no vestiário do Beira-Rio - até lá, o torcedor colorado e também os torcedores adversários, assim como o Athletico, ficarão na dúvida se o camisa 10 irá a campo ou não. No entanto, uma coisa posso afirmar, ele estará sim pelo menos no banco de reservas.

Até o momento, as informações são de que D'Alessandro não tem condições para iniciar a partida, podendo quem sabe, se for preciso no sacrifício, entrar no decorrer do jogo, com isso, o seu substituto deve ser Wellington Silva, Rafael Sóbis ou Nonato, que também aparece como opção.

Com muitas taças conquistadas pelo Inter, falta a ele uma de campeão nacional e a da Copa do Brasil é a que está mais próxima de chegar, mas para isso acontecer, o Colorado terá que fazer o dever de casa e derrotar logo mais a noite o Athletico, no Beira-Rio - ao Inter será preciso vencer por uma diferença de dois gols de vantagem para erguer o troféu nos 90 minutos - uma vitória simples por um gol de diferença levará a decisão para os pênaltis.

D
D'Alessandro e suas conquistas pelo Inter.

Em mais de 10 anos no clube, D'Alessandro possui hoje 461 jogos com a camisa do Inter, com 108 assistências e 92 gols marcados; tendo de quebra conquistado seis Campeonatos Gaúchos, duas Recopas Gaúchas, uma Copa Sul-Americana, uma Libertadores e uma Recopa Sul-Americana. Agora então, chegou a hora de buscar um título inédito para ele, a Copa do Brasil, depois de 10 anos de ter disputado a sua primeira final deste torneio, contra o Corinthians, quando viu em campo, seu Inter ficar com vice-campeonato.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal