As vésperas do maior jogo da temporada, o Sport Clube Internacional consegue um recorde em 2019 - chegar a sua terceira vitória consecutiva dentro do Brasileirão e de quebra encerrar o primeiro turno da competição dentro do G-4 - os quatro times que garantem classificação direta a Libertadores do próximo ano.

Com um time totalmente reservas, o Colorado foi impiedoso no estádio Independência ao derrotar do Atlético-MG por 3 a 1 - placar esse que se repetir na próxima quarta-feira diante do Athletico, com "H", garantirá o Bicampeonato da Copa do Brasil.

Odair Hellmann - treinador do Internacional.

Após 19 rodadas, o Inter acumula até aqui 33 pontos e ocupa a quarta colocação - a nove pontos do líder Flamengo. Diferentemente da última temporada, quando chegou a essa mesma quantia de jogos com 38 pontos, o Inter neste ano dividiu suas força em mais duas competições - Libertadores e Copa do Brasil, aonde pela primeira chegou até as quartas de final e na segunda está decidindo a "taça" diante do Athletico.

Em sua entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Odair Hellmann comemora a boa campanha de seu "elenco" dentro da competição nacional.

"Nosso objetivo era disputar as três e estar na parte de cima. Depois da Copa do Brasil, teremos todo o segundo turno para pensarmos exclusivamente no Brasileirão. Poderíamos estar melhor, mas não somos perfeitos. Temos conseguido com todas as dificuldades resultados bem positivos", comemorou o técnico.

Mesmo tendo uma disputa de título na próxima quarta-feira, onde irá decidir o grande campeão da Copa do Brasil, contra o Athletico, no Beira-Rio, às 21h30, a comissão técnica colorada fala também na possibilidade de no segundo-turno entrar na briga pelo Campeonato Brasileiro, mesmo sabendo da dificuldade que será tirar os 9 pontos de diferença do Flamengo, que até aqui soma 42 pontos.

"No Campeonato Brasileiro não tem nada decidido. Temos 33 pontos e o Flamengo tem 42. Temos mais um jogo com o Flamengo e uma possibilidade natural de buscar alguma situação. Quem está à frente então... O campeonato está em aberto. O Flamengo tem jogado muito bem e consegue vitórias em sequência, mas pode vir a oscilar. O Santos oscilou, o Palmeiras oscilou. É um campeonato muito difícil. Dependendo de quanto você oscila, pode ser ultrapassado e não recuperar", comentou Odair Hellmann.

Com a vitória e a atuação convincente diante do Galo com o time reserva, eleva a convicção da direção em relação ao seu elenco e de quebra eleva a moral do grupo para a decisão diante do Athletico - com "H", na próxima quarta-feira, no Beira-Rio, pela Copa do Brasil.

Na próxima rodada pelo Campeonato Brasileiro o Inter pegará a Chapecoense, no próximo domingo, às 11h, no Beira-Rio - em partida válida pela 20ª rodada do Brasileirão - também conhecida como a primeira do returno.