Willian Pottker está fora do Internacional. Calma, eu explico! O atacante que chegou com uma grande expectativa no Beira-Rio em 2017, não fará parte dos planos da direção para a próxima temporada, ou seja, se ele quiser continuar jogando em 2020, terá que procurar por outro clube, pois no Inter definitivamente não terá mais espaço.

A decisão de liberar o jogador foi tomada depois de uma série de reuniões entre a direção e a comissão técnica - o vice de futebol, Roberto Melo tomou a decisão em conjunto com a comissão técnica e os empresários do atleta.

Vale lembrar que recentemente o Botafogo havia mostrado interesse no atacante, porém, o Internacional não o liberou e não irá liberar até o final da atual temporada, segundo a própria direção, que na próxima semana terá pela frente um dos jogos mais importantes do ano - a grande decisão da Copa do Brasil, diante do Athletico, em Porto Alegre e até lá não pensa em outra coisa a não ser nesse grande duelo.

Obviamente que Willian Pottker não fora liberado justamente pela Copa do Brasil, mas sim também pela sequência do Campeonato Brasileiro, que é muito importante para todos dentro do Beira-Rio.

Com contrato válido até 2021, Pottker quando chegou a Porto Alegre para defender o Colorado em 2017, como já declaramos acima, até que chegou mostrando serviço na Série B e com isso se firmando entre os 11 titulares do time, porém, na temporada de 2018 o atacante não conseguiu ter as mesmas apresentações e acabou parando no banco de reservas, onde ainda no decorrer da temporada passada sofreu com uma série de lesões que acabaram o prejudicando - afastando ainda mais do elenco principal, que atualmente conta com Paolo Guerrero, Nico López, Rafael Sobis, Neilton, Tréllez e Parede - isso sem falar em Sarrafiore e D’Alessandro que também atuam pelos lados do campo no setor de ataque.

Assim sendo, Odair Hellmann conta com muitas opções para montar o ataque colorado e deverá fazer opções para a próxima temporada, tendo Willian Pottker como "carta" fora do baralho - além dele, outros destes que citei acima também deverão deixar o grupo do Inter no final de 2019.