Inter usará premiação da Copa do Brasil para quitar dívidas

O Colorado já está com R$ 21 milhões garantidos – prêmio esse dado ao vice-campeão, podendo receber ainda mais se chegar a conquista do bicampeonato da competição – prêmio esse de R$ 52 milhões.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Direção colorada comemora "vaga" a final da Copa do Brasil! Sim, você leu certo; a direção do Sport Clube Internacional está comemorando a classificação à final da competição nacional, onde essa já produz um impacto enorme para o clube, dando ao Inter um novo fôlego em suas finanças.

Não é somente a questão de chegar à final e brigar por um título nacional, mas também o lado financeiro que está contanto aqui, visto que o Inter já está com R$ 21 milhões garantidos - prêmio esse dado ao vice-campeão, podendo receber ainda mais se chegar a conquista do bicampeonato da competição - prêmio esse de R$ 52 milhões.

Marcelo Medeiros - presidente do Sport Clube Internacional.

Presidente - Marcelo Medeiros.

Mas a premiação da Copa do Brasil não para por aqui; como já participou de outras etapas até chegar à grande decisão, tanto o Inter como o Athletico já garantir pelo menos mais R$ 11 milhões; totalizando um montante de R$ 63 milhões a aquele que conquistar a "taça".

Todos esses números permitirão ao Colorado encerrar o ano de 2019 com um "superávit - algo que não acontece desde a gestão de Luigi.

Vale lembrar que em junho, em uma reunião com a imprensa, o presidente Marcelo Medeiros apresentou as contas do primeiro semestre, com um déficit de R$ 33 milhões; tendo como previsão naquele momento fechar o ano de 2019 com uma dívida de R$ 12 milhões.

Porém, desde então o Internacional acertou a venda de Iago para o futebol alemão; já previstos no planejamento orçamentário; mas sem contar com o incremento de pelo menos R$ 33 milhões da Copa do Brasil, o que permitirá ao clube fechar as contas da atual temporada de forma positiva.

Mas é bom o torcedor não se alegrar muito, pois a premiação não muda a realidade do Inter, que mesmo assim terá que se conter na hora de contrações, pois possui ainda uma dívida de R$ 311 milhões (reforma do Beira-Rio) - pagos de forma controlada.

Os milhões arrecadados em 2019 - boa parte dele servirá para a direção quitar e renegociar dívidas do passado, onde ela vê a entrada de recursos como fator a restabelecer a credibilidade do clube, após anos de balanço negativo.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal