D'Alessandro comemora 11 anos de Inter diante do Nacional em busca da classificação na Libertadores

Em 453 partidas com a camisa “vermelha” do time gaúcho, D’Alessandro soma 237 vitórias, 113 empates e 103 derrotas – com 92 gols marcados e 105 assistências pelo time. Ao longo desses 11 anos, ele conquistou pelo Inter 13 títulos.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Ao entrar nesta noite em campo pela Libertadores vestindo a camisa colorada para liderar a equipe diante do Nacional, no jogo da volta das oitavas de final da competição sul-americana, D?Alessandro irá comemorar 11 anos de Sport Clube Internacional com grande responsabilidade: a responsabilidade de levar a "sua" equipe as quartas de final do torneio.

Ao pisar no gramado do Beira-Rio, às 19h15, o argentino realizará o seu jogo de número 57 por competições internacionais com a camisa colorada - se isolando como recordista em partidas deste nipe, sejam elas por Libertadores, Sul-Americana, Recopa ou Mundial; ultrapassando outro grande nome na história do clube gaúcho: o "general" Bolívar.

Além disso, D?Ale também deixará para trás Luiz Carlos Winck para se tornar o quarto jogador na história do clube coma mais partidas com a camisa "vermelha" - a partida diante do Nacional será a de número 454 do argentino - com isso faltarão apenas sete partidas para ele subir para a terceira posição - atualmente Dorinho ocupa essa colocação com 460 jogo pelo Inter.

DD'Alessandro comemorou 11 anos de Sport Clube Internacional nesta última terça-feira.

D?Alessandro completou 11 anos de clube nesta última terça-feira, onde o mesmo por 36 minutos concedeu uma entrevista coletiva com risadas, brincadeiras e seriedade.

"Dia especial, diferente. não é normal no futebol. São poucos que ficam tanto tempo num clube, me sinto um privilegiado. Falo com muito orgulho e muita honra de ter vestido essa camisa pesada. Eu continuo com fome. Não vai mudar até o último dia. O que falta no clube? Tudo o que tiver aí na frente. O título nacional seria importante. O Inter é muito grande", celebrou ele.

Com 38 anos, não mais um "garoto", D?Ale tem um tratamento diferenciado por parte da comissão técnica, onde o "capitão" cumpre uma rotina especial de preservação e com isso consegue se manter titular no time comandado por Odair Hellmann.

Titular e capitão nesta quarta-feira diante do Nacional, D?Alessandro projeta um duelo complicado contra os uruguaios, mesmo com a vantagem construída fora de casa, todos os jogadores colorados estão cientes do que precisam para avançar as quartas de final da Libertadores, como ele garante.

"Vai ser um jogo difícil. O Nacional vai tentar empatar, fazer um gol. E depois, tentar vencer. Temos que ser inteligentes, aprendemos muito bem a jogar esse tipo de partida contra equipe grandes. E com a força do torcedor. De repente 50 mil que vão estar do nosso lado, apoiando e nos acompanhando para conquistar essa vaga", finalizou o camisa 10 do Inter.

Em 453 partidas com a camisa "vermelha" do time gaúcho, D?Alessandro soma 237 vitórias, 113 empates e 103 derrotas - com 92 gols marcados e 105 assistências pelo time. Ao longo desses 11 anos, ele conquistou pelo Inter 13 títulos: Sul-Americana (2008), Libertadores (2010), Recopa Sul-Americana (2011), Copa Suruga (2009), sete Campeonatos Gaúchos e duas Recopas Gaúchas.

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal