O elenco colorado parece estar mesmo unido por um ideal - o de conquistar pelo menos um título importante em 2019. Pensando justamente nisso, um dos ídolos do Inter na atual temporada parece também estar com "fome de bola".

Aqui falamos de Paolo Guerrero, que sem marcar desde sua volta ao time depois da Copa América, quer ver a equipe brasileira competitiva no jogo de ida pelas oitavas de final da Libertadores diante do Nacional - do Uruguai.

Paolo Guerrero - atacante do Internacional.
Paolo Guerrero - atacante do Internacional.

"Sempre o atacante tem que ter fome de gol. Mas o mais importante é ajudar a sua equipe. Passamos por uma grande fase. O grupo está muito bem e estamos otimistas com os próximos jogos", declarou ele em entrevista coletiva nesta última segunda-feira.

Na atual temporada Paolo Guerrero em 15 jogos soma 9 gols com a camisa colorada. Sendo desses, dois pela Libertadores. Muito próximo de retornar aos gramados com a camisa do Inter pela fase de mata-mata da competição sul-americana, o atacante repetiu o que declarou o técnico Odair Hellmann sobre o adversário, querendo ver o time igualando a intensidade para assim sair vencedor do Uruguai.

"Nós sabemos que o time uruguaio é muito competitivo. Eles competem os 90 minutos, não param, lutam até o fim. Temos que fazer a mesma coisa. Lutar, dividir, competir, esse é o nosso DNA. E jogar nosso futebol. Podemos criar muitas situações, tentar, ter chances e fazer gols. E o mais importante é dividir e estar concentrado os 90 minutos contra um time que fará isso o tempo todo", finalizou ele.

Nacional x Internacional se encaram logo mais a noite, às 19h15, em Montevideo, no Uruguai, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores.