FIFA encerra o caso Sarrafiore, diz o Internacional

Em nota divulgada pelo clube gaúcho, a FIFA confirma que encerrou a investigação preliminar do caso, dando ganho de causa para o time brasileiro e declarando que a “pretensão do Huracán não procede em nenhum aspecto”.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Acabou a novela envolvendo Huracán e Inter no imbróglio envolvendo Martín Sarrafiore junto a FIFA. O Sport Clube Internacional confirmou nesta última quinta-feira através de uma nota oficial publicada em seu site a decisão da entidade máxima do futebol mundial, onde essa fala sobre o caso envolvendo a contratação do jovem meia - de 21 anos junto ao clube argentino.

Nesta mesma nota publicada pelo Colorado, a FIFA confirma que encerrou a investigação preliminar do caso, dando ganho de causa para o time brasileiro e declarando que a "pretensão do Huracán não procede em nenhum aspecto".

Sarrafiore - meia-atacante do Sport Clube Internacional.
Sarrafiore - meia-atacante do Sport Clube Internacional.

Entenda o caso:

No final de março, a FIFA abriu uma investigação a respeito do assunto, onde prometeu analisar as formas pelas quais o Sport Clube Internacional havia contratado o jovem meia argentino (isso a pedido do Huracán, que formalizou uma ação contra Sarrafiore, seu empresário e o Inter junto a FIFA há sete meses) - no final do último mês a entidade solicitou ao clube brasileiro que esse juntasse documentos que comprovassem essa negociação e foi o que o Inter fez - enviando os mesmos até a sede da FIFA e agora em decorrência de toda a análise a entidade respondeu, dando ganho de causa ao clube "acusado", ou seja, ao Internacional, deixando bem claro que não houve irregularidade quanto a contratação de Martín Sarrafiore.

Veja abaixo a nota divulgada pelo Internacional:

"O Sport Clube Internacional comunica que foi informado pela FIFA do encerramento da investigação preliminar no caso envolvendo Martín Sarrafiore. A pretensão do Huracán não procede em nenhum aspecto. O departamento jurídico do Inter atuou na defesa dos direitos do clube e a decisão ratifica a conduta da instituição a respeito do tema, sem ter violado qualquer regramento da FIFA na negociação que envolveu a contratação do argentino".

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal