Sem ao menos saber qual será seu primeiro adversário no jogo de estreia da fase de grupos da Libertadores (Palestino e Talleres definem quem passa a próxima fase da competição nesta quarta-feira) e mesmo sem conhecer o seu destino, a direção do Sport Clube Internacional se adianta e define a sua logística para os três jogos fora de casa pelo torneio sul-americano.

No "Grupo A" da Taça Libertadores, ao lado de Alianza Lima, River Plate e Palestino ou Talleres, o Colorado evita transtornos ao já programar as suas viagens para fora do país e com isso garantir maior conforto possível a sua delegação nos traslados até os locais dos jogos. Com isso a direção garante a comissão técnica, o tempo necessário para que Odair Hellmann tenha ao menos um dia de treinamento no local da partida, para se habituar ao clima e ao ambiente.

"Estamos nos adiantando sim, mas isso é para o bem do elenco - temos o planejamento para esses três jogos iniciais. Fechamos contrato com a empresa aérea, vão ser três fretamentos para os jogos, vai nos dar mais segurança e tranquilidade. Para Lima, estávamos com dificuldades de conseguir passagens em vôos normais. Horários muito complicados, saindo de diversos pontos. Estamos investindo nisso, nessa parte de logística e tomando todos os cuidados para que na hora que entrarem em campo, os jogadores possam desempenhar o seu futebol da melhor maneira possível", declarou Roberto Melo - vice de futebol do Internacional.

Após derrotar o Avenida pelo Campeonato Gaúcho, no último domingo, o Colorado desde a última segunda-feira só respira "Libertadores", com o grupo se reapresentando somente nesta terça-feira passada, no CT Parque Gigante, onde iniciou a sua preparação para a estreia na competição, na próxima quarta-feira, às 19h15 - na Argentina ou no Chile.