Nos passos de uma reformulação em suas categorias de base, o Internacional anunciou nesta última quarta-feira a saída do coordenador técnico - Diego Cabrera. O profissional que era coordenador-geral da base colorada, foi demitido pelos maus resultados obtidos, principalmente pela eliminação do time gaúcho na Copa São Paulo de Futebol Júnior com uma derrota por 5 a 0 diante do Guarani, na terceira fase da competição.

Essa mesma derrota na época também custou o emprego do treinador Ricardo Grosso. Para a vaga de Diego Cabrera, a direção do clube anunciou o gerente de futebol - Marcos Biasotto, que assumirá o cargo interinamente até a contratação de Erasmo Damiani - que está em fase final de negociação com o Colorado. Damiani tem passagem pela seleção campeã olímpica de 2016, onde ocupava o mesmo cargo ao qual está sendo contratado pelo clube gaúcho.

Diego Cabrera (de pé) - ex-coordenador da base colorada.
Diego Cabrera (de pé) ex-coordenador da base colorada.

Abaixo confira na integra a nota publicada pelo Sport Clube Internacional informando a sua decisão:

"O Sport Clube Internacional comunica que, em comum acordo entre as partes, Diego Cabrera interrompe o seu vínculo com o clube e deixa o cargo de Coordenador Técnico das Categorias de Base. A instituição deseja sucesso em seus novos desafios na carreira e agradece por todo seu empenho e a dedicação do profissional neste período em que esteve à frente de suas funções em nossas categorias de base".

O Internacional que sempre foi forte revelador de jovens atletas, nos últimos anos vem revelando poucos jogadores, com isso a direção colorada está fazendo uma reformulação grande em sua base, principalmente na comissão técnica, para que em breve possa voltar a revelar grandes craques para o futebol nacional e internacional, como já fez num passado nem tão distante, como Alexandre Pato, Rafael Sobis e outros.