O Manchester United, da Inglaterra vê seu reinado como o clube mais rico do mundo ser ameaçado - de acordo com um levantamento realizado pela consultoria global Deloitte, o Real Madrid, atual campeão mundial de clubes e campeão europeu, ultrapassou o seu maior rival, o Barcelona e agora ocupa a segunda posição no ranking, com uma pequena desvantagem em relação ao clube inglês.

O United que permanece pela décima vez consecutiva na liderança do referido ranking, só se manteve no topo da lista graças à conquista da "Liga Europa", na temporada passada, ao vencer o Ajax. Atualmente o Manchester United possui uma receita de 676,3 milhões de euros, com uma queda de 13 milhões de euros em relação ao último levantamento, quando faturou 689 milhões de euros.

Já o Real Madrid, que agora ocupa a segunda colocação no "Money League", registrou um ganho de 674,6 milhões na temporada 2016/17. Com as conquistas do "Mundial de Clubes e a Champions League", o clube espanhol levou a menor distância da história entre o primeiro colocado para o segundo do ranking - a diferença é de apenas 1,7 milhões de euros.

Real Madrid ocupa a segunda colocação do ranking.

Além do Manchester United que ocupa a primeira posição, o Real Madrid segundo colocado e o Barça, na terceira posição, o levantamento da Deloitte ainda aponta outros 27 clubes na lista dos mais ricos do mundo. Na temporada 2016/17, os clubes ingleses dominaram o ranking, ocupando 14 posições, seguido pelos Italianos com cinco clubes, alemães com quatro, espanhóis com três e os franceses com dois clubes. Rússia e Portugal contam com um clube cada.

Veja aqui o TOP 10 do "Money League" 2016/17:

1º - Manchester United - 676,3 milhões de euros;

2º - Real Madrid - 674,6 milhões de euros;

3º - Barcelona - 587,8 milhões de euros;

4º - Bayern de Munique - 587,8 milhões de euros;

5º - Manchester City - 527,7 milhões de euros;

6º - Arsenal - 487,6 milhões de euros;

7º - Paris Saint-Germain - 486,2 milhões de euros;

8º - Chelsea - 428 milhões de euros;

9º - Liverpool - 424,2 milhões de euros;

10º - Juventus - 405,7 milhões de euros.