Guto Ferreira retorna ao Bahia

Guto Ferreira é confirmado como treinador do Bahia, no lugar de Carpegiani e em sua chegada pede desculpas a torcida tricolor.

Por
Compartilhe

Após a saída de Paulo César Carpegiani, que deverá assumir um cargo na direção do Flamengo, o Bahia anuncia o retorno de Guto Ferreira, que reassume o comando técnico do clube baiano após deixar o time para assumir o “Colorado Gaúcho” em maio deste ano.

O anúncio oficial foi feito primeiramente aos sócios do clube, através de SMS. A frente do Bahia, entre junho de 2016 e maio deste ano, Guto Ferreira esteve a no comando técnico do Bahia em 57 partidas, com 31 vitórias, 15 empates e 11 derrotas.

A direção do Bahia chegou a sondar outros nomes como Nelsinho Baptista, Marcelo Oliveira e até mesmo o nome do uruguaio Diego Aguirre, entretanto, a direção gostaria de contar com um treinador que já conhecia a “casa” e que fosse vencedor, emergente, estudioso, um motivado nato e experiente - para tanto chegaram à conclusão que esse nome seria o de Guto Ferreira, técnico que comandou o time em sua principal conquista nos últimos 15 anos, a da Copa do Nordeste-2017.

Guto Ferreira retorna sete meses depois de deixar o clube.Guto Ferreira retorna sete meses depois de deixar o clube.

Assim que foi confirmado como o novo treinador do Bahia, Guto Ferreira em entrevista na rádio Sociedade, literalmente pediu perdão à torcida “tricolor baiana”.

“Não sei se me desculpar é a coisa certa. A vida coloca na nossa frente às tomadas de decisão e naquele momento achei que era o certo a fazer. Mas o torcedor tem todo o direito de estar magoado e o que eu preciso é reconstruir essa relação. Trabalhar mais e tentar mudar essa postura da torcida. Buscar ficar mais tempo no clube, me enraizar”, declarou ele.

Ainda durante a entrevista a rádio voltada ao torcedor do Bahia, Guto declarou que projeto é o de “buscar resultados ainda mais expressivos” comparados a da sua primeira passagem pelo clube e para isso é preciso conhecer bem o elenco.

“Em 2018 tenho a certeza de que não iremos partir do zero, pois o Bahia vem mantendo uma base desde o ano passado, com bons resultados. Temos uma boa espinha dorsal para agregar valores dentro desta”, finalizou ele.

Mais sobre: clubes bahia guto-ferreira
Comentários