Flamengo deverá arcar com prejuízos causados no Maracanã na final da Sul-Americana

Torcedor flamenguista dá um prejuízo de 800 mil aos cofres do Flamengo por vandalismo no estádio do Maracanã.

Por
Compartilhe

A final da Copa Sul-Americana no estádio do Maracanã ainda está repercutindo para o Flamengo. O Mengão terá que pagar pelos prejuízos causados por sua torcida após o apito final da partida entre Flamengo e Independiente, pela final da Copa Sul-Americana, onde o clube carioca ficou com o vice-campeonato.

De acordo com os cálculos realizados pelo “jornal o Globo”, baseados em uma lista de danos analisados pela Odebrecht, o valor do prejuízo poderá chegar a R$ 800 mil. Um dia após a final, a direção do Flamengo já autorizou o conserto de pequenos reparos no estádio, desta forma o valor que o clube terá que pagar não pode ser apresentando, ainda.

Torcida do Flamengo explode após a final da Sul-Americana.Torcida do Flamengo explode após a final da Sul-Americana.

O jornal conta que a “concessionária” que administra o Maracanã está avaliando se a cobertura do estádio não foi afetada em virtude da explosão de um morteiro.

Entre os prejuízos causados pelos torcedores do Rubro-Negro, estão a quebra de mais de 100 cadeiras, catracas de acesso arrancadas, corrimãos de aço galvanizado danificados, guarda-corpos das escadas, porta rolante de bar, luminárias de teto arrancadas e até mesmo um carrinho de pipoca quebrado, entre outros danos causados pela torcida.

Parte da torcida do Flamengo não aceita derrota na Sul-Americana e quebra o estádio.Parte da torcida do Flamengo não aceita derrota na Sul-Americana e quebra o estádio.

Em contrapartida, o Ministério Público está preocupado com a fragilidade apresentada pelo Maracanã, que foi reformado com um custo “bilionário” e é atualmente um dos estádios brasileiros mais modernos do mundo. O MP não descarta uma vistoria detalhada no local.

Para o procurado geral da justiça, Eduardo Gussem, o acontecimento foi um ato esporádico, mas não descarta uma análise e uma perícia no estádio.

“Sabemos que o que aconteceu é um evento esporádico, causadas por uma concentração muito grande de pessoas, mas mesmo assim é possível que façamos uma análise e uma perícia no estádio. O problema não foi o “estádio”, o Maracanã está acima da média”, declarou ele.

Mais sobre: clubes flamengo vandalismo
Comentários