Durante sua participação no "Bem Amigos!" do SporTV, o Diretor de Futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, um dos convidados do programa apresentado por Galvão Bueno, declarou que o clube terá uma reunião nesta terça-feira com o departamento jurídico para definir o caso de Paolo Guerrero - uma rescisão de contrato não está fora de cogitação.

Com a punição imposta pela FIFA ao atacante da Seleção Peruana e do Flamengo, Paolo Guerrero, por doping durante as eliminatórias da copa do mundo em outubro deste ano, o Flamengo se movimenta para se reorganizar para a próxima temporada. Com o mercado da bola em pleno "movimento", o Rubro-Negro carioca também está de olho em outros jogadores para a posição no ataque, uma vez que não poderá contar com o atleta em questão.

Em uma de suas explanações no programa "Bem Amigos!" desta última segunda-feira, Caetano disse que:

"Iremos seguir a orientação do departamento jurídico, que vem conversando conosco. Iremos ter uma decisão amanhã. O Flamengo não tem muito que fazer e a rescisão é uma possibilidade", declarou o Diretor de Futebol, do "mengão".

Rodrigo Caetano indagado por Casagrande comentou que o Flamengo acredita que o jogador foi vítima no processo e que o clube deseja muita sorte a ele.

"O que nós do clube mais desejamos a ele é que chegue logo o julgamento e que possa ser absolvido. Ele é um atleta exemplar e o ser humano por trás está sofrendo muito", finalizou o dirigente do Rubro-Negro.