Real Madrid toma susto, mas se garante na final do Mundial de Clubes

Com susto, clube espanhol conseguiu se recuperar e vira a partida diante do Al-Jazira

Por
Compartilhe

Não foi o massacre que muitos esperavam entre Real Madrid e Al-Jazira, bem pelo contrário, o time da casa deu um sufoco nos espanhóis, que precisaram correr atrás do resultado para se garantirem na final do Mundial de Clubes, contra o Grêmio, no sábado, dia 16 de dezembro.

Após sair atrás no confronto da semifinal do Mundial de Clubes e levar um tremendo susto, o Real Madrid derrotou o Al-Jazira por 2 a 1, nesta última quarta-feira, em Abu-Dhabi. Superando as expectativas de levar uma goleada dos galácticos, o clube árabe saiu de campo orgulhoso de sua atuação e de sua participação no torneio. O Al-Jazira abriu o placar ainda no primeiro tempo, com o brasileiro Romarinho, que teve chance de ampliar o placar no início da segunda etapa.

Romarinho - de branco, foi o autor do gol do Al-Jazira.Romarinho - de branco, foi o autor do gol do Al-Jazira.

Com os sustos, o time espanhol acordou e aos oito minutos da etapa final, Cristiano Ronaldo empatou a partida. Gareth Bale foi o nome da virada – saindo do banco de reservas, o Gales decretou a virada madrileña.

A partir daí, o time de Cristiano Ronaldo e Cia passou a administrar o resultado, garantindo assim à ida do Real Madrid a grande final do Mundial de Clubes.

Bale foi o nome do jogo - ele saiu do banco de reservas para decretar a virada para o clube espanhol.Bale foi o nome do jogo - ele saiu do banco de reservas para decretar a virada para o clube espanhol.

Mesmo frustrando os torcedores com uma vitória apertada contra os donos da casa, o time comandado por Zinedine Zidane quer o quinto título em seis disputados em 2017. Neste ano o clube espanhol já conquistou o Campeonato Espanhol, a Liga dos Campeões da Europa e as Supercopas da Espanha e da Europa.

Grêmio e Real Madrid decidem o Mundial de Clubes às 15h-horário de Brasília, no próximo sábado, dia 16 de novembro, em Abu-Dhabi.

Mais sobre:
Comentários