O treino do Flamengo desta segunda-feira foi interrompido um pouco depois de seu início, por volta das 9h30 - o motivo foi à chegada dos funcionários da Conmebol que estiveram presentes no "Ninho do Urubu" para a coleta de urina dos jogadores para a realização de exame antidoping surpresa nos atletas do "mengão".

Segundo informações da entidade máxima do futebol sul-americano, esse é um procedimento normal até mesmo já adotado as vésperas do primeiro jogo da final da Libertadores, entre Grêmio e Lanús.

A coleta do material só foi efetuada naqueles atletas que estão aptos a atuar, assim sendo, Diego Alves e Berrío não precisaram se submeter ao teste. O procedimento também ocorrerá com o Independiente, adversário do Flamengo nesta quarta-feira na segunda partida da decisão da Sul-America, no estádio Maracanã - a partida está marcada para as 21h45 - horário de Brasília.

Para a partida de volta no Rio de Janeiro, o Flamengo necessita vencer o duelo pelo placar de dois gols de diferença para levar o caneco no tempo normal. Vitória por um gol de diferença levará o jogo para a prorrogação, persistindo o resultado, tudo será resolvido nas cobranças de pênaltis.