Inter procura negócios de ocasião para reforçar o elenco para 2018

Após conquistar o retorno a Série A, a direção do Internacional vasculha o mercado sul-americano atrás de reforços.

Por
Compartilhe

Para a temporada 2018, a direção colorada vasculha o mercado atrás de peças que possam preencher as lacunas em fim de contrato ou algum negócio de ocasião – aqueles em que o clube não precise desembolsar ou fazer grandes investimentos.

Roger - primeiro reforço do Internacional para 2018.Roger - primeiro reforço do Internacional para 2018.

Até o momento, o único nome anunciado como reforço para a próxima temporada foi a do atacante Roger – centroavante que deixará o Botafogo rumo ao Beira-Rio apenas por salários e luvas. Outro que poderá desembarcar no aeroporto “Salgado Filho” com destino ao Beira-Rio nesses moldes, é o volante Gabriel Dias, do Paraná Clube, mas que pertence ao Palmeiras. O jogador em questão tem seu contrato encerrado com o clube paulista ao final deste mês, assim ele chegará ao clube gaúcho sem custos algum.

Além de Roger que já chegou e Gabriel Dias que poderá chegar, Ruan, lateral-direito do Boa Esporte, também é dado praticamente como certo – nessa situação o Inter pretende comprar o passe do atleta, que tem um valor de mercado bastante baixo. Outro nome que está sendo analisado pela direção colorada é o do atacante Silvinho, do Criciúma.

Em entrevista recente, o vice-presidente do Internacional, Roberto Melo, revelou que o clube passa por um processo de reestruturação, assim nomes de grande expressão e que possam lotar um aeroporto em sua chegada, dificilmente chegarão para a temporada 2018.

Roberto Melo - Vice-Presidente do Internacional.Roberto Melo - Vice-Presidente do Internacional.

“Teremos uma temporada difícil, em 2018. O Internacional passa por um processo de reestruturação e para isso precisamos ter responsabilidade de montar uma equipe competitiva, sem comprometer o clube”, declarou Melo.

De olho no mercado sul-americano, o Inter procura jogadores provenientes do mercado argentino e uruguaio, sendo que a direção já estuda a possibilidade  de investir em Alejandro Silva e Láutaro Acosta, ambos do Lanús, vice-campeão da Libertadores deste ano. De acordo com o site globoesporte.com, sondagens a ambos já foram realizadas.

Com dificuldade financeira e com o mercado ainda fechado, é muito provável que na apresentação colorada, marcada para o dia 02 de janeiro, o elenco ainda não esteja completo. Atualmente a direção do clube gaúcho trabalha nos acertos para fechar o departamento de futebol, que ainda não está completo.

Mais sobre: clubes roger internacional
Comentários