Sylvinho não é mais treinador do Lyon; o anúncio de sua demissão foi dado através das redes sociais do clube francês. Desde maio deste ano a frente da equipe "vermelha,branca e azul" - (lembrando que ele deixou a Seleção Brasileira onde tinha a função de auxiliar de Tite antes mesmo do início da Copa América para assumir o clube em questão); ele não resistiu a pressão por resultados e acabou sendo afastado de suas funções.

Em 11 partidas oficiais a frente do Lyon ou pouco menos de quatro meses a frente desta, o profissional que venceu apenas três partidas, sendo uma pela Champions League - diante do RB Leipzig e duas pelo Campeonato Francês; tendo ainda quatro empates e quatro derrotas em seu retrospecto a frente da equipe, não suportou a pressão dos torcedores e dirigentes por resultado e o anúncio de sua demissão acabou ocorrendo no dia de hoje.

Conforme declaramos no início desta matéria, o anúncio foi realizado através das redes sociais do clube, mais propriamente dito através da conta oficial do Lyon no Twitter. Ainda sob a supervisão do brasileiro Juninho Pernambucano, o time francês deverá ser comandado de forma interina por Gerald Baticle - auxiliar permanente do Lyon, até a direção encontrar um novo nome para comandar a equipe na temporada.