Fernando Veiga é desligado da vice-presidência do Fluminense

Fluminense comunica o desligamento do vice-presidente.

Por
Compartilhe

Fernando Veiga não é mais vice-presidente do Tricolor Carioca. Após vazamento de áudio onde o diretor do Fluminense afirma que a receita do clube é do tamanho de time pequeno, não houve clima para que o cartola seguisse no cargo.

Fernando Veiga.Fernando Veiga.

No áudio, Veiga afirma que o clube não tem dinheiro para pagar salário de R$ 20 mil e que hoje o clube tem receita de time pequeno: “A gente não tem dinheiro para pagar salário de R$ 20 mil. Há um mês, corremos atrás de volantes e zagueiros medianos que pediram R$ 250 mil para jogar no Fluminense. Como é que a gente paga isso? Nossa receita é baixíssima. A gente tem receita de time pequeno, de Atlético-GO. Nós somos time grande, um time enorme, um dos maiores do mundo, mas a gente hoje tem receita de time pequeno”.

Após ter declarado isso e em menos de 24 horas do áudio ter chegado aos ouvidos do público, a direção, em nome de seu presidente Pedro Abad, decidiu por retirar Fernando Veiga do cargo que exercia dentro do clube. Fica sob o encargo do presidente, por ora, acumular o cargo provisoriamente.

Confira a nota oficial do Fluminense:

“O Fluminense Football Club informa que Fernando Veiga não é mais vice-presidente de futebol. O clube agradece pelos serviços prestados. Enquanto outro nome não é definido para ocupar o cargo, o presidente Pedro Abad irá acumular a função”.

Comentários