A revista Forbes mexicana divulgou nesta terça-feira uma atualização de seu ranking anual dos 50 clubes mais valiosos da América e pelo quinto ano consecutivo, o Corinthians é o clube mais valioso da América, enquanto isso, o Grêmio aparece em segundo lugar.

Mesmo atravessando graves dificuldades financeiras, principalmente quanto ao pagamento de sua "Arena", o clube paulista foi avaliado em US$ 576 milhões (algo em torno de R$ 1,8 bilhão) - coincidência ou não, valor muito próximo ao qual o clube deve pelo pagamento de seu estádio. Na segunda posição, vem o Grêmio, com valor de mercado de US$ 295 milhões - R$ 993 milhões.

Quais critérios a revista leva em consideração para avaliar o ranking?

De acordo com eles próprios, a revista considera três critérios, que são:

1º - Valor dos jogadores que pertencem ao clube;
2º - Custo do estádio - no caso se for particular;
3º - Valor da "marca".

No último ano, também foram consideradas as receitas por direitos de televisão. Para justificar a quinta vez consecutiva do Timão na liderança do ranking, a revista credita a nova vitória do Corinthians aos mais de 30 milhões de fãs que o clube possui no país - motivo que levou a Nike ter dado o contrato mais cotado de qualquer equipe na América Latina, que tem vigência até 2022 e garante ao clube paulista US$ 145 milhões. O Corinthians seria o único clube americano capaz de competir em valor com clubes europeus. 

"Se classificarmos o ranking internacional da Forbes, o Corinthians ocupa o 16º lugar, acima da Roma e da Inter de Milão. Além disso, é o clube que mais fãs têm no continente americano nas redes sociais, com mais de 19,8 milhões de seguidores", finalizou a revista.

Um dado curioso é que o Palmeiras, último Campeão Brasileiro e que ocupava a segunda posição no ranking no último ano, não apareceu na lista desta vez, mesmo tendo reforçado seu elenco para essa temporada. Em contrapartida, equipes como Vitória, Vasco da Gama e Sport estão entre os 50 clubes mais valiosos.

Veja como estão os brasileiros na lista dos 50 clubes mais valiosos da América segundo a revista: 1ª Corinthians, 2º Grêmio, 13º São Paulo, 17º Flamengo, 19º Atlético-MG, 20º Cruzeiro, 23º Santos, 28º Fluminense, 30º Vasco da Gama, 39º Vitória e 45º Sport.