De Milão a Paris - Leonardo pode deixar o Milan para ocupar cargo de diretor no PSG, diz jornal

De acordo com o jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”, o diretor esportivo do clube rossonero deve deixar a Itália e com isso as chances de rumar para París aumentaram e muito nas últimas horas.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Em menos de um ano, novamente de partida! Estamos falando de Leonardo, ex-jogador do São Paulo, Milan, PSG e da Seleção Brasileira, que atualmente ocupa um cargo de dirigente no clube rossonero; no entanto, o mesmo já pode estar de saída rumo a Paris.

Leonardo, segundo a imprensa italiana pode estar deixando o Milan para assumir o mesmo cargo de dirigente no clube francês. De acordo com o jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”, o diretor esportivo do clube rossonero deve deixar a Itália, após ficar menos de um ano ligado ao clube, onde o diário informa que sua situação no Milan não é das mais agradáveis e dificilmente permanecerá à frente do futebol do clube italiano.

Leonardo - dirigente do Milan.Leonardo - dirigente do Milan.

Com 49 anos, Leonardo poderá com isso voltar à outra antiga casa – aqui falamos novamente do Paris Saint-Germain, aonde ele já foi jogador, dirigente e até mesmo treinador, no entanto, desta vez ele deverá voltar mesmo para assumir o papel que tem atualmente no Milan. Vale salientar que “Leo” como é conhecido pelos franceses é um dos responsáveis por ter montado parte da atual base do PSG, tendo sido ele o grande responsável por levar Thiago Silva, Marquinhos, Verratti, Rabiot e Cavani para o clube francês.

Porém, o PSG vive um momento de incerteza, como destaca o jornal “L’Équipe”, onde esse declara em sua edição desta segunda-feira que o atual diretor esportivo – Antero Henrique foi convocado para ir a Doha – no Catar, para uma reunião com a cúpula e dona do Paris Saint-Germain. O dirigente pode ser demitido nas próximas horas e com isso a chegada de Leonardo a París ganha força. Estarão presentes nessa reunião, além do atual diretor esportivo do clube – que foi convocado, o presidente do PSG – Nasser Al-Khelaifi e o secretário-geral Victoriano Melero.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal