Problemas a vista para a CBF? Ao que tudo indica não, mas o presidente do Fortaleza não gostou nadinha de uma penalidade não marcada a favor se sua equipe na última rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Botafogo.

Marcelo Vaz - presidente do Fortaleza irá sim protocolar uma reclamação junto a Confederação Brasileira de Futebol questionando o uso do "VAR" na derrota de sua equipe contra o Botafogo, no último domingo. O dirigente do time cearense irá questionar o porquê da não marcação de um pênalti em cima de Wellington Paulista, aos 39 minutos da etapa inicial, após o árbitro Wagner Reway consultar o árbitro de vídeo.

"Nós vamos oficializar, mas todo mundo viu. É mais uma questão protocolar, o Brasil inteiro viu o erro. Está nos principais sites e mesas de debate sobre o erro absurdo. Espero que o árbitro tenha pelo menos a honradez de pedir desculpa por ter prejudicado todo um trabalho e investimento", destacou.

Com a derrota diante do Botafogo, o Fortaleza terminou a terceira rodada do Campeonato Brasileiro na 16ª colocação - uma a frente da "zona de rebaixamento" - com três pontos.

Sem jogos pelo Brasileirão neste meio de semana, o time comandado por Rogério Ceni volta a campo na próxima quarta-feira, quando encara o Santa Cruz - às 21h30, na Arena Castelão, pelas semifinais da Copa do Nordeste. Na Série A, o time do Fortaleza encara o São Paulo, no próximo domingo, também jogando em casa, às 19h - pela quarta rodada do campeonato nacional.