Antonio Conte revela que pretende retornar à Itália em breve

Antonio Conte voltando para a Itália? Pelo menos esse é o seu desejo. Treinador revelou que pretende volta a sua terra natal.

Por
Compartilhe

Cotado como um dos melhores treinadores do mundo, Antonio Conte também está ficando reconhecido por suas fortes declarações. A última foi sua indicação de que seu tempo em solo inglês pode chegar ao fim em breve. Em entrevista a rádio italiana “Rádio Anchio Sport”, o treinador do Chelsea revelou sua vontade em retornar à Itália e com isso comandar uma equipe local.

Antonio Conte - Treinador do Chelsea.Antonio Conte - Treinador do Chelsea.

Bem à vontade, Conte falou à rádio que essa experiência fora de sua terra natal está sendo muito boa, mas ele tem o desejo de retornar: 

“Não tenho planos de ficar muito tempo em solo estrangeiro. Estou tendo minha primeira experiência fora e está sendo muito boa, mas quero sim voltar para casa e isso está bem perto de acontecer”, revelou ele.

O Chelsea é a primeira equipe comandada por Antonio Conte fora da Itália. Conhecido por seus trabalhos na Juventus e na Seleção Italiana, Conte ainda teve passagens por equipes como Arezzo, Atalante, Bari e Siena. Perguntado se além do desejo de voltar ele aceitaria um convite para treinar na China, ele responde que: “China? De forma alguma. Até a Bundesliga não é algo que tenho em mente para o meu futuro, mas não posso prever o que irá acontecer, porque a vida de um treinador é sempre temporária”.

Conte revelou ainda que o seu futuro na profissão não é uma certeza e que poderá vir a trabalhar em outros setores no futebol:

“Sempre que começo um projeto, faço o melhor para terminar. Até penso em, um dia, quem sabe mudar de função e me tornar um diretor de futebol. Minha única certeza é que farei isso na Itália”, destacou o treinador do Chelsea.

Para finalizar a entrevista, o treinador chegou a comparar a briga pelo título do Campeonato Inglês, com a briga pelo título do Campeonato Italiano. “Essa temporada está diferente, além dos rivais diretos, o United voltou com toda a sua força. A Premier League é alvo dos grandes jogadores e o Campeonato Italiano ainda não atingiu esse tamanho, mas está no caminho”.

Comentários