Uma luz no final do túnel para os atleticanos de Minas Gerais. Após receber uma proposta oficial do Atlético-MG, Rogério Ceni acena com um sinal positivo, porém, o atual treinador do Fortaleza faz exigências para fechar com o clube para o início do Campeonato Brasileiro, da Série A.

A informação que aqui trazemos até você foi primeiramente publicada pelo site UOL, nesta terça-feira, onde o mesmo afirma que o treinador quer ainda levar consigo toda a sua comissão técnica se aceitar a proposta do Galo Mineiro.

Rogério Ceni da sinais de que pode aceitar a proposta do Atlético-MG.
Rogério Ceni da sinais de que pode aceitar a proposta do Atlético-MG.

Ainda de acordo com a publicação, Rogério Ceni acompanhou as finais do Campeonato Mineiro e gostou do que viu, mesmo com o Galo sendo superado pela Raposa na decisão. Segundo o UOL, o ex-goleiro do São Paulo e agora treinador de futebol se preocupou com a faixa etária dos principais atletas do clube, onde Ricardo Oliveira, Réver e Victor todos esses estão com mais de 30 anos, deixando o time com uma média etária de 25,7 anos.

Para ele (Rogério Ceni) será preciso rejuvenescer um pouco a equipe, assim como fez em seu atual clube desde que assumiu o comando técnico do Fortaleza, no ano passado. Para poder implantar o mesmo projeto no Galo e com isso aceitar a proposta, em primeiro lugar, Rogério Ceni teria exigido a contratação de Charles Hembert - auxiliar técnico, Nelson Simões - auxiliar técnico, Danilo Augusto - preparador físico e Haroldo Lamounier - preparador de goleiros; todos esses profissionais com os quais trabalha atualmente no Fortaleza.

Vale lembrar que a direção do Atlético-MG está oferecendo a Rogério Ceni um contrato com duração até o final de 2020. Já no Fortaleza, Ceni tem contrato com o Leão somente até o final deste ano.