Minha Torcida Logo

Infantino defende o fortalecimento dos clubes sul-americanos em congresso da Conmebol

"O importante seria pensar que esses craques poderiam jogar em equipes na América do Sul e que pudessem vencer o Mundial. Temos que pensar não em 10 equipes do mundo, mas em 50, sendo 15 da América do Sul”, declarou o presidente da FIFA.

Por
Compartilhe

Em reunião no Congresso da Conmebol, realizado nesta semana, o presidente da FIFA – Gianni Infantino defende o aumento da força dos clubes sul-americanos sobre os europeus. Para o mandatário máximo do futebol mundial, o novo Mundial de Clubes poderá servir para essa causa.

“Decidimos criar um verdadeiro Mundial, com 24 equipes, sendo seis sul-americanos. Temos que desenvolver futebol de associações, assim como de clubes. As equipes europeias têm todos os craques sul-americanos. Como Messi, Suáres e outros”, declarou ele.

Gianni Infantino - presidente da FIFA.Gianni Infantino - presidente da FIFA.

Para completar Infantino disse que todos teriam que pensar que esses mesmos jogadores pudessem jogar por equipes da América do Sul e que pudessem vencer o Mundial.

“O importante seria pensar que esses craques poderiam jogar em equipes na América do Sul e que pudessem vencer o Mundial. Temos que pensar não em 10 equipes do mundo, mas em 50, sendo 15 da América do Sul”, finalizou.

Na teoria, a distribuição das cotas do Mundial de Clubes será igualitária, de acordo com a posição de cada clube. Pelo menos é isso que defende a Conmebol. Mas essa mesma regra ainda não foi definida, o que deixa um ponto de exclamação no meio de toda essa discussão.

Mesmo que o presidente da FIFA pense deste modo e tenha esse desejo, a diferença entre o futebol na América do Sul e na Europa, se tratando de valores financeiros, é muito grande; tanto que as cotas em um Mundial dificilmente seriam suficientes para alterar esse cenário atual. A própria Conmebol reconhece esse abismo, mas a mesma acredita que o objetivo deve ser pelo menos de não deixar a distância aumentar ainda mais e se possível reduzi-la um pouco.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais