TJD-PR considera Athletico e seu presidente culpados por descumprimento de liminar, entenda:

O “Furacão” foi considerado culpado por descumprir de uma decisão liminar do TJD-PR – que pedia que o Athletico disponibilizasse 10% dos ingressos para a torcida visitante; oferecer cinco pontos de vendas para os torcedores do Coritiba e ainda oferecer espaço para os visitantes na Arena da Baixada.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Com presidente suspenso por um ano; Athletico é ainda multado pela comissão disciplinar do TJD-PR por descumprimento da decisão do tribunal que proibiu torcida única no clássico “Atletiba” pelo Campeonato Paranaense.

Considerado culpado por desrespeitar uma ordem do “Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná”, na implantação da torcida única, no clássico “Atletiba” válido pela quarta rodada do campeonato estadual, o mesmo condenou o presidente do Athletico – Luis Salim Emed com pena de um ano de suspensão de suas atividades e o clube, com multa de R$ 200 mil. Todas essas penas estão sujeitas a recursos.

Athletico e sua Arena da Baixada.Athletico e sua Arena da Baixada.

Porém, a procuradoria do TJD-PR promete entrar com um recurso contra a decisão, onde promete aumentar as penas. No julgamento, Athletico teve a multa de R$ 100 mil reduzida para R$ 50 mil pelos descumprimentos. Além dessa, a pena do presidente também foi amenizada, segundo a procuradoria.

O “Furacão” foi considerado culpado por descumprir de uma decisão liminar do TJD-PR – que pedia que o Athletico disponibilizasse 10% dos ingressos para a torcida visitante; oferecer cinco pontos de vendas para os torcedores do Coritiba e ainda oferecer espaço para os visitantes na Arena da Baixada – além dessas, por impedir que torcedores entrassem vestidos de verde ou roupas relacionadas ao time adversário.

O TJD-PR também absolveu o clube de outras quatro denúncias apresentadas pelo Coritiba – essas por sua vez são as mesmas apresentadas pela procuradoria, ao qual promete entrar com recurso – como já declaramos no início de nossa matéria.

Lembrando também que cabe recurso por parte do Athletico e também por parte do presidente do “Furacão” pelas penas aplicadas em julgamento, se assim entenderem necessário.

Mais sobre: atletiba tjd-pr athletico
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal